Dicionário 2018-05-25T20:24:59+00:00

Termos Financeiros

Compilamos os termos mais comuns do mercado financeiro e explicamos o que cada um significa. Confira!

Ação
Valor mobiliário emitido pelas sociedades anônimas, representando a menor fração do capital destas empresas.


Aplicação financeira
Aplicação financeira é a compra de um ativo financeiro com o objetivo de obter um ganho sobre o valor aplicado.


Ativo
Termo que determina propriedades ou itens de valor possuídos por uma empresa ou pessoa.

B3
A B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), antiga BM&FBovespa, oferece serviços de negociação (bolsa), pós-negociação (clearing), registro de operações de balcão e de financiamento de veículos e imóveis.


Bacen
Banco Central do Brasil


Balanço Patrimonial
Demonstração financeira que detalha e quantifica os ativos, passivos e patrimônio de uma empresa.


Benchmarking
Termo que vem do inglês e define o processo usado para avaliar o desempenho de um ativo financeiro em relação ao desempenho de outros ativos financeiros


Bolsa de Valores
As bolsas de valores são os locais onde acontecem toda a negociação e custódia das ações.

Caderneta de Poupança
A caderneta de poupança é o investimento oferecido por bancos comerciais mais conhecido e utilizado do Brasil.


CDB
O Certificado de Depósito Bancário, mais conhecido como CDB, é um título nominativo emitido pelos bancos e vendido ao público como forma de captação de recursos.


CDI
O Certificado de Depósito Interfinanceiro é um título de curtíssimo prazo emitido por uma instituição financeira que só pode ser vendido para outra instituição financeira


Cheque especial
O cheque especial é uma modalidade de empréstimo concedida pelos bancos ao liberar um determinado valor para o cliente sem a necessidade de garantia.


COE
Certificado de Operações Estruturadas


CRA
O Certificado de Recebível do Agronegócio é um título de renda fixa lastreado em créditos do agronegócio e emitidos por companhias securitizadoras.


CRI
O Certificado de Recebível Imobiliário é um título de renda fixa lastreado em créditos imobiliários e emitido por companhias securitizadoras.


Criptomoeda
É um meio de troca que se utiliza da tecnologia de blockchain e da criptografia para assegurar a validade das transações e a criação de novas unidades da moeda

Debêntures
As debêntures são títulos de renda fixa de longo prazo, que são emitidos por empresas.


Dividendos
Pagamento efetuado pela empresa aos seus acionistas através da distribuição de parte do lucro líquido da empresa.


DPGE
O Depósito a Prazo com Garantia Especial é um título de renda fixa emitido por Bancos e Financeiras para captação de recursos. O DPGE é coberto pelo FGC no limite de R$ 20 milhões por CPF e por instituição emissora.

ETF
É a sigla para “exchange traded funds”, ou fundos de investimento com cotas negociadas em Bolsa.


EBITDA
Termo em inglês, em português significa lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização

FGC
O Fundo Garantidor de Créditos não é um órgão público, e sim uma entidade privada sem fins lucrativos, que funciona como um instrumento de proteção aos correntistas, poupadores e investidores, dentro do Sistema Financeiro Nacional.


Fundos de Investimento
Os fundos de investimentos são a forma mais conhecida de aplicação financeira, e funcionam como uma espécie de condomínio de recursos individuais de pessoas físicas ou jurídicas.

Garantia
Refere-se aos itens usados por uma empresa ou indivíduo para sustentar o crédito de um financiamento.


Giro de caixa
Indicador de análise financeira que indica o número de vezes por ano que o caixa de uma empresa gira.

Hedge
Sentido de proteção, termo muito usado no mercado futuro.


Home Broker
É plataforma de relacionamento entre os investidores e as sociedades corretoras, que facilita as negociações no mercado acionário.

Ibovespa
É o principal índice da bolsa paulista, que exprime a variação média diária das negociações da Bolsa de Valores de São Paulo.


Indice da Basiléia
Tata-se de um indicador de solvência das instituições financeiras (capacidade de pagamento).


IGP-DI
(Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna.


IGP-M
Índice Geral de Preços – Mercado.


ICMS
Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços. Tributo instituído pelos Estados da Federação e que está embutido no preço de diversos produtos e serviços.


IOF
Imposto sobre operações financeiras. O Imposto incide em operações de crédito, câmbio e seguros.


IPCA
Índice de Preços ao Consumidor Amplo.


IPO
Initial Public Offering, quando uma empresa começa a comercializar suas ações na bolsa


IR
Imposto sobre a Renda.

Juro
É a remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro


Juro Composto
Quando os juros são pagos não apenas sobre o valor do principal, mas também sobre os juros obtidos em relação ao principal nos períodos anteriores.


Juro Nominal
Juro total, sem a correção inflacionária.


Juro Real
Juro com correção inflaçionária.


Juro Simples
O juro é pago apenas sobre o valor do principal.

Letra de Câmbio
Termo que reflete um instrumento de captação usado pelas sociedades de crédito, financiamento e investimento que é emitido com base em uma transação comercial.


Letra do Tesouro
Termo que denomina qualquer título emitido pelo governo


Letra Hipotecária
São títulos emitidos pelas instituições financeiras autorizadas a conceder créditos hipotecários.


LFT
Letras Financeiras do Tesouro, também conhecido como Tesouro Selic.


Liquidez
No mercado financeiro o termo é usado para determinar a capacidade que um ativo tem de ser convertido em moeda.


LTN
Letras do Tesouro Nacional, são títulos prefixados do Tesouro Nacional.

Mercado de Ações
Segmento do mercado de capitais, que compreende a colocação primária em mercado de ações novas emitidas pelas empresas e a negociação secundária (em bolsas de valores e no mercado de balcão) das ações já colocadas em circulação.


Mercado de Capitais
É o conjunto de instituições, tais como bolsas de valores e instituições financeiras (bancos, corretoras, bancos de investimento, seguradoras), ligadas à intermediação de ativos financeiros (ações, títulos de dívida em geral).


Mercado Financeiro
É o mercado voltado para a transferência de recursos entre os agentes econômicos. No mercado financeiro, são efetuadas transações com títulos de prazos médio, longo e indeterminado, geralmente dirigidas ao financiamento dos capitais de giro e fixo.


Mercado Futuro
O mercado futuro é normalmente centrado em uma bolsa de valores ou de mercadorias, tendo como objetivo principal prover instrumentos financeiros que permitam a compradores e vendedores proteger-se de oscilações de preços.


Mercado Secundário
Após uma nova emissão ser colocada (ou vendida) para uma série de investidores, inicia-se o mercado secundário.

Nota de Corretagem
Documento que a sociedade corretora apresenta ao seu cliente, registrando a operação realizada, com indicação da espécie, da quantidade de títulos, do preço, da data do pregão, do valor da negociação, da corretagem cobrada e dos emolumentos devidos.


NTN
Notas do Tesouro Nacional Trata-se de títulos de financiamento da dívida do Tesouro que são pós-fixados e possuem várias séries, cada qual com um índice de atualização próprio (IGP-M, dólar, TR, etc).

Oferta Pública
Termo que denomina emissões de títulos públicos realizadas pelo Tesouro Nacional.


Opção
Direito de comprar ou vender um montante de um determinado ativo a um preço pré-estabelecido dentro de um determinando período de tempo.


Operações Estruturadas
Mix de estrátegias, por exemplo, combinar derivativos com títulos de renda fixa.


Ordem
Instrução dada por um cliente a uma corretora de valores, para a execução de compra, ou venda, de valores mobiliários (ações, títulos de renda fixa, opções, etc.).

Perfil de Risco
Termo usado para determinar qual a disposição que um investidor tem em correr riscos na hora de investir seu dinheiro.


PIB
Produto Interno Bruto.


Poupança
Parcela da renda nacional ou individual que não é consumida.


Prêmio
Ágio pago acima do valor nominal de um determinado título.


Principal
Termo usado para determinar a parcela de um empréstimo ou título de renda fixa, que não se refere aos juros a serem pagos

Rating
Classificação atribuída à qualidade de crédito do emissor.


RDB
Recibo de Depósito Bancário.


Renda Fixa
São títulos que pagam, em períodos definidos, uma certa remuneração, que pode ser determinada no momento da aplicação ou no momento do resgate.


Renda Variável
Cujo a remuneração não é discriminada anteriormente.


Rentabilidade
Termo usado para expressar a valorização de investimentos em termos percentuais.


Reserva de emergência
Investimento que serve para imprevistos que possam acontecer no nosso dia a dia.


Resgate
Ato de retirar ou sacar integral ou parcialmente os recursos investidos.


Risco
Termo usado para denominar a variabilidade de retornos relativos a um investimento.


Robôs de Investimento
Um robô de investimento é uma ferramenta que realiza a negociação de ativos financeiros de forma automática.

S&P500
Índice das 500 principais ações negociadas nas bolsas de valores norte-americanas (NYSE, NASDAQ e AMEX).


S.A.
Sociedade Anônima, empresa que tem o capital dividido em ações.


Selic, Taxa
Taxa básica referencial de juros da economia brasileira, determinada pelo COPOM (Comitê de Política Monetária) do Banco Central.


Small cap
Termo usado para fazer referência às ações de baixo valor de mercado e pouca liquidez na bolsa.


Spilt
Termo usado para denominar os casos em que ocorre desdobramento de uma ação.


Spread
“Lucro do banco”, diferença entre o custo de captação de um banco e a taxa de juros cobrada do cliente


Suitability
Responsável por identificar o perfil de risco do investidor.

Taxa de Administração
Uma das formas de remuneração do gestor pela administração dos recursos do fundo de investimento.


Taxa de Custódia
Nome dado à taxa cobrada geral por um banco ou corretora de valores mobiliários, pela manutenção dos valores mobiliários de seus clientes.


Taxa de Desconto
Termo usado para definir a taxa usada para descontar uma série de fluxos futuros de caixa, de forma a obter o valor presente destes fluxos.


Taxa de Performance
É cobrada sobre a parcela da rentabilidade do fundo que excede a variação de um índice pré-determinado (benchmark).


Taxa DI
Taxa média diária das operações no mercado interfinanceiro.


TR
Taxa Referencial


Tesouro Direto
Plataforma de negociação de títulos públicos federais para pessoas físicas.


Títulos Privados
Todos os títulos de renda fixa, que são emitidos por bancos e empresas,


Títulos Públicos
Emitidos pelo governo federal, estadual e municipal para financiar a dívida pública.

Units
Ativos compostos por mais de tipo de valores mobiliários.

Valor Futuro
É o valor presente atualizado de acordo com a taxa de juros.


Valuation
É o nome do processo usado pelos analistas para estimar o valor real de um ativo ou empresa.


Volatilidade
Indica o grau médio de variação da cotação de um título ou determinado mercado.

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)