Siga esses primeiros passos antes de investir


Antes de começar a investir o seu dinheiro para construir um patrimônio financeiro, você deve dar os seguintes 3 passos: criar uma reserva financeira de emergência, pensar no futuro para ter um fundo para a sua aposentadoria e ter um bom planejamento financeiro.

O planejamento financeiro é o primeiro passo, além de ser o fator que vai viabilizar todo o resto.

Isso porque é por meio dele que você define seus objetivos e metas financeiras e traçar quais serão as estratégias que você vai precisar adotar para atingi-los, ou seja, é por meio do planejamento financeiro que você organiza a sua vida financeira e alcança os seus objetivos.

No artigo de hoje, vamos falar sobre esses 3 passos que você deve dar antes de começar a investir, para saber mais, continue a leitura.

Reserva financeira

Ter uma reserva financeira para cobrir despesas emergenciais é uma estratégia que pode levar você a manter uma vida financeira mais estável e segura. Por isso, ele deve fazer parte do seu planejamento financeiro.

Vamos pensar na seguinte analogia: Um bom time de futebol, além de seus 11 jogadores titulares, também se preocupa em investir em um bom elenco para ocupar o seu banco de reservas.

Desta forma, se algum dos titulares sofrer uma lesão, for suspenso ou não puder jogar por alguma outra eventualidade, ele poderá ser substituído à altura, sem causar prejuízos ao time.

A criação de uma reserva financeira funciona a partir dessa mesma premissa, servindo para dar suporte financeiro para seu grupo familiar, na ocorrência de uma doença grave, demissão ou outra eventualidade ou imprevisto.

Em grande parte das vezes, as pessoas tendem a ser imediatistas em relação ao consumo e não costumam estabelecer uma reserva de dinheiro ou mesmo um planejamento financeiro.

Uma reserva financeira é importante para que em caso de eventualidades como problemas de saúde, demissões ou quando seus rendimentos acabam sendo menores que o que você esperava, você não passe por sufoco.

Existem diversos motivos para se preocupar com a criação de uma reserva de emergência, e o primeiro deles é evitar ficar endividado ou necessitar de solicitar empréstimos.

Se você, por exemplo, tem um salário de 3 mil reais e perde o emprego, fazendo com que a sua renda passe a ser de 1 mil reais por mês, seu planejamento financeiro vai ser comprometido e pode ser que você não consiga arcar com as suas despesas.

Se você não conta com uma reserva financeira, vai ser muito difícil manter seu orçamento em dia até que você encontre outro emprego e você pode acabar endividado ou tendo de solicitar um empréstimo.

Assim, mesmo quando você encontrar outro trabalho, você ainda vai ter de lidar com problemas financeiros.

Já se você construiu uma boa reserva financeira, você poderá arcar com as suas despesas mais tranquilamente enquanto procura o seu emprego novo, sem correr o risco de acabar endividado ou de ter de pagar as parcelas de um empréstimo.

No caso de problemas de saúde que demandam algum tipo de gasto, como exames, cirurgias ou mesmo remédios, ter uma reserva de emergência inclusa no seu planejamento financeiro é ainda mais relevante.

Ainda que essa reserva não seja tão grande, você poderá agir de forma mais rápida para restabelecer a sua saúde, ao invés de se preocupar em como conseguir um empréstimo para arcar com as despesas necessárias.

Caso você seja um trabalhador autônomo ou um empreendedor, a reserva financeira é ainda mais importante para manter a sua vida financeira equilibrada, uma vez que caso o seu faturamento em um determinado período seja muito abaixo do esperado, você terá como arcar com as despesas.

O ideal é não esperar ter um problema financeiro para começar a agir. Você deve estar preparado para manter o controle das suas finanças.

Confira agora algumas dicas para construir uma reserva financeira para cobrir eventuais emergências e garantir estabilidade, segurança e controle para as suas finanças:

  • O valor da sua reserva financeira familiar deve ser o suficiente para manter pelo menos durante 6 meses as despesas fixas da casa;
  • Para criar essa reserva financeira, o ideal é poupar dinheiro, estabelecendo uma meta realista de economia mensal, até que o montante necessário seja atingido;
  • A reserva financeira familiar deve ser utilizada em momentos de real necessidade, ela está lá para cobrir as despesas, caso algo extremo aconteça, por isso, evite fazer uso desse dinheiro sem uma real necessidade.

Aposentadoria

Um fundo para o momento da sua aposentadoria também deve estar incluído no seu planejamento financeiro e deve ser criado antes de você começar a investir dinheiro para multiplicar seu patrimônio.

É muito importante pensar no futuro e garantir que você vai conseguir manter o mesmo padrão de vida para você e para a sua família quando você se aposentar.

Na maioria dos casos, as pessoas preocupam-se com a aposentadoria somente depois de os de trabalho, entretanto, essa não é a atitude ideal.

Quem tem um planejamento financeiro bem feito, sabe que a aposentadoria é algo com o qual deve-se preocupar o mais cedo possível.

É um grande erro começar a pensar em aposentadoria apenas perto do momento de se aposentar, em geral, o valor que será pago a você pelo INSS é bem menor do que você imagina.

Além disso, os requisitos para aposentadoria mudam com alguma frequência.

A expectativa da população do país vem aumentando ao longo dos anos devido aos avanços da medicina e da tecnologia e por isso, a previdência pública vê enfrentando problemas sérios a cada ano.

Existem poucos trabalhadores em atividade para que o benefício dos aposentados seja pago e esse problema não tem uma solução fácil. Sendo assim, o ideal é não contar com o sistema público e ter o seu próprio fundo de aposentadoria.

Para isso, mesmo que você ainda seja jovem, comece a se planejar desde já, uma vez que quanto mais tempo você tem para investir no fundo de aposentadoria, menos esforço você vai precisar fazer para alcançar seus objetivos.

Então, para fazer um planejamento financeiro do seu fundo de aposentadoria, leve em consideração os aspectos a seguir:

  • Qual é a parcela da sua renda atual que você pode poupar?
  • Quantos anos ainda restam até a sua aposentadoria chegar?
  • Qual a renda que você deseja ter nesse momento?
  • Com qual idade você pretende se aposentar?

Lembre-se de que quanto mais tempo você poupar dinheiro para se aposentar, mais dinheiro você vai conseguir juntar e com isso, mais renda você vai receber.

Planejamento financeiro

O primeiro passo para conquistar uma vida financeira estruturada e que você deve fazer antes de começar a investir dinheiro é elaborar um planejamento financeiro.

O presente deve ser organizado com cuidado, para que no futuro, as coisas se mantenham em ordem.

Pode parecer uma tarefa complicada, mas a partir de atitudes simples é possível elaborar um bom planejamento financeiro. Confira algumas dicas.

  • Conte com todos

Toda a sua família deverá participar do processo de planejamento financeiro.

Pode parecer um conselho óbvio, entretanto, é muito comum que a pessoa responsável financeiramente pelo grupo familiar, acabe assumindo sozinha todo o controle das finanças, porém, o ideal é que todos participem ativamente do processo de planejamento financeiro da casa, inclusive as crianças.

  • Tenha um mapeamento de todas as fontes de renda

Inicie o planejamento, fazendo um mapeamento de todas as fontes de renda do grupo familiar, anotando em uma planilha todos os ganhos mensais, incluindo todos os rendimentos, inclusive os extras na lista de ativos do planejamento.

  • Faça o mesmo com as despesas

Depois de mapear os rendimentos, é hora de detalhar os gastos, todos eles. Encontre e elenque todas as despesas fixas da casa, e as inclua no planejamento financeiro da sua família.

  • Observe e reflita sobre o resultado

Após detalhar receita e despesas, juntamente com todos do grupo familiar, observem o resultado, e reflitam sobre ele. Este é o momento para que todos estejam cientes de qual é a realidade financeira do grupo familiar.

  • Ajuste o necessário

Essa é a parte prática do planejamento, nesse momento, é hora de cortar gastos desnecessários e conscientizar todos os familiares.

Depois de realizar o seu planejamento financeiro, incluindo nele a criação de uma reserva financeira para emergências e um fundo de aposentadoria, você já pode começar a investir o seu dinheiro para multiplicar o seu patrimônio.

No artigo de hoje você conhece os 3 passos que você deve seguir antes de começar a investir o seu dinheiro; criar uma reserva financeira, ter um fundo de aposentadoria e o planejamento financeiro.

Se você gostou desse artigo e quer ver mais conteúdo como esse, continue acompanhando as nossas publicações e confira também os nossos artigos anteriores no arquivo do blog.

Aqui no Renda Fixa você encontra diversas dicas para escolher as melhores alternativas para investir o seu dinheiro, além de orientações para economizar dinheiro e planejar o seu orçamento, mantendo as suas contas em dia e a sua vida financeira saudável. Fique ligado!

Artigos que podem ser úteis para você: Como fazer aportes mensais para investir? | TED e DOC: Você sabe quanto paga?

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-03-11T19:06:57+00:00 março 11th, 2019|Investimentos|0 Comments

Leave A Comment