Entenda o que são letras de câmbio e como funciona!

Com o grande número de corretoras de valores no mercado, inúmeros investimentos que antes eram desconhecidos passaram a chamar atenção.

Por ser o investimento mais querido dos brasileiros, sair da caderneta de poupança é como sair da zona de conforto, por ter sido o primeiro investimento que 99,9% de nós brasileiros ouvimos falar.

Como forma de sair da poupança, muitos recorrem ao Certificado de Depósito Bancário, mais conhecido como CDB, que são emitidos pelos bancos como forma de financiar seus negócios.

Você sabia que existe um outro tipo de investimento muito similar ao CDB e com rentabilidade que pode ser superior?

São as letras de câmbio, ou LC como são mais conhecidas, que são títulos emitidos por financeiras que só podem ser repassadas para o investidor caso a financeira tenha empréstimos no mesmo volume que sirvam como garantia da operação. Pode até parecer, mas esse investimento não tem nada a ver com o mercado de câmbio.

E o que são as financeiras?

Popularmente conhecidas como financeiras, as sociedades de crédito, financiamento e investimento são instituições privadas que concedem empréstimo e financiamento para diversos fins, sendo uma opção para aquelas pessoas que não conseguiram crédito diretamente com os grandes bancos.

Sabe aquela famosa pergunta “Você já tem o cartão da nossa loja, senhor? ”que te fazem sempre que você entra em alguma loja de departamento? Pois bem, algumas redes varejistas, por exemplo, utilizam sua própria financeira no financiamento de seus produtos, oferecendo descontos e vantagens exclusivas para os clientes que adquirirem o cartão de sua rede.

Por que as financeiras emitem as LCs?

As letras de câmbio são emitidas pelas financeiras como forma de captação de recursos de investidores para oferecer crédito para seus clientes. Quem compra uma letra de câmbio recebe uma remuneração que é proveniente dos recursos captados pelas financeiras através de financiamentos e outros tipos de empréstimos realizados por seus clientes.

Quais são os riscos?

Da mesma forma que o CDB, o maior risco para quem investe em letra de câmbio é a financeira que emitiu o título quebrar. Caso isso ocorra, você está assegurado pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos) até o limite de R$ 250.000 por CPF e por emissor do título.

Lembrando que o risco de uma financeira quebrar pode ser maior que os bancos, por isso esse tipo de investimento consegue oferecer uma rentabilidade mais atrativa em alguns casos.

Quais impostos eu pago?

Caso seja possível o resgate antes do investimento completar 30 dias, você pagará IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre o rendimento da sua letra de câmbio, conforme tabela abaixo.

tabela iof.jpeg

Esse tipo de investimento também está sujeito a incidência do IR (imposto de renda) sobre o rendimento, já deduzido o valor do IOF em caso de resgate até o 29º dia. Quanto maior for o prazo de resgate, menor a alíquota de imposto de renda você paga, sendo limitada a 15%, conforme tabela abaixo.

tabela ir.jpeg

Lembrando que você não precisa fazer nada para realizar o pagamento desses impostos, pois eles são deduzidos direto na fonte.

Como ocorre o rendimento de uma LC?

As letras de câmbio podem ter sua rentabilidade definida de forma prefixada ou pós fixada. No primeiro caso, no momento do investimento você já sabe a porcentagem que seu título será remunerado (por exemplo, 10% ao ano).

No segundo caso, a rentabilidade pode estar atrelada diretamente por um indexador – como a taxa DI – ou a uma taxa de juros somada a variação de um indexador – como o IPCA ou o IGPM – o que protege seu investimento da inflação.

Posso resgatar a qualquer momento?

Da mesma forma que o CDB, depende do prazo de carência e da liquidez oferecida. Se a letra de câmbio tiver a liquidez apenas no vencimento, o resgate só poderá acontecer no vencimento.

Resgates fora do prazo podem ser negados pela instituição financeira. Em caso de aceite, você poderá perder toda ou parte da rentabilidade acumulada no período, o que não é nada vantajoso.

Há também a possibilidade desse tipo de investimento ser negociado no mercado secundário, o qual dependerá do interesse de um terceiro efetuar a compra do título.

Se a liquidez do título for diária, atente-se ao prazo mínimo de carência para que essa condição possa valer.

Agora não se esqueça de baixar aplicativo Renda Fixa para encontrar as Letras de Câmbio disponíveis no mercado.

Espero que o artigo tenha sido proveitoso. Comentem!

Artigos que podem ser úteis para você: Quais tipos de investimentos existem no Brasil? | Mitos na hora de investir

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
2018-10-11T14:30:37+00:00

One Comment

  1. Ricardo agosto 2, 2017 at 12:53 pm

    Gostei.

Comments are closed.