Quais os tipos de fundos de investimentos que existem?

Hoje em dia o que muitas pessoas estão fazendo para escapar da crise pela qual o Brasil está passando no momento é conhecendo mais sobre o mercado financeiro e sobre os fundos de investimentos, desse modo elas buscam poupar e ganhar dinheiro em cima dessas estratégias.

Apesar de parecer complexo de entender, a iniciativa de investir vem atraindo muitas pessoas com o interesse de entender qual o melhor caminho para poupar.

O mundo do mercado financeiro abriu a mente das pessoas quanto a parte do poupar dinheiro e mostrou que é possível guardar e obter mais dinheiro em cima do que você guardou. Para tal é preciso saber sobre cada tipo de investimento financeiro.

Confira agora neste artigo alguns tipos de fundos de investimentos que existem e como pode aplicá-los nas suas finanças.

Fundo de Renda Fixa

Essa é uma forma muito conhecida de se dar bem aplicando em fundos de investimentos. Segundo especialistas, esta é a uma boa forma que você tem de poupar e investir com segurança. A renda fixa é o que faz as pessoas conhecerem melhor sobre rentabilidade e ver que é bem diferente da renda variável.

O investimento em renda fixa é como se você emprestasse o seu dinheiro para instituições como empresas e bancos, com isso, elas usam esse dinheiro como crédito para quem precisa de empréstimo e te devolvem o capital corrigido em cima das taxa de juros  e assim você vai juntando mais dinheiro.

Nesse tipo de investimento, você tem várias maneiras de fazer, por exemplo, escolhendo um título que esteja de acordo com o seu perfil financeiro e assim ficar até mais satisfeito com o destino do seu dinheiro.

Fundos de ação

Os fundos de ação são investimentos com o maior índice de risco por causa das variações de preços das ações que são vendidas no mercado financeiro. Muitas pessoas contam com um gestor profissional para ajudar a definir a melhor forma de investir seus recursos.

Neste caso, um gestor profissional faz tudo por você, decidindo em quais empresas você irá colocar o seu dinheiro e avaliar como anda os seus lucros e sempre pensando de forma estratégica para obter o melhor retorno financeiro.

Para começar a investir nos fundos de ações, você deverá abrir uma conta em uma instituição financeira como bancos, corretoras e distribuidoras, na plataforma destas estará disponível uma série de informações para te dar assistência como: conhecer tudo sobre as taxas de administração e de desempenho, além das regras de aplicação e resgate.

Com a ajuda dos gestores, quando ocorrer a diversificação de portfólio, eles irão montar uma carteira equilibrada com boas estratégias, com isso, poderão conseguir lucros maiores dando a você a chance de ter o seu capital cada vez maior.

Fundos de curto prazo

Este fundo de investimento tem como objetivo reproduzir as oscilações das taxas e investe o seu dinheiro em títulos públicos federais ou privados com um prazo de 375 dias no máximo, mas em média são 60 dias para ter os seus recursos investidos e obter resultados.

Os fundos de curto prazo têm como base as suas variações que costumam ocorrer nas taxas de SELIC ou CDI.

Para resgatar o seu dinheiro, há um crédito do valor parcial ou total que foi investido por você e costuma ser efetuado no mesmo dia em que você solicitou a retirada. Portanto é muito importante que você continue com o foco de obter mais do que já possui e não gastar tudo de uma vez.

Toda a análise que é feita deve ser calculada individualmente e com precisão, afinal mexer com dinheiro é algo muito sério e no caso dos investimentos todo o cuidado é pouco.

Fundos cambiais

São fundos de investimentos que acompanham as moedas estrangeiras, por exemplo, o dólar e o euro que fazem aplicações dependendo de como essas moedas estarão oscilando na bolsa de valores e assim analisar os seus lucros e rentabilidade.

Você irá se beneficiar significativamente do aumento geral das moedas estrangeiras, porém você pode sofrer perdas da rentabilidade quando houver a desvalorização do câmbio, por isso, é importante analisar a moeda que irá optar.

Os investimentos em títulos que tem relação com as variações de preço de uma determinada moeda ou taxa de juros é chamado de cupom cambial. Nesse caso deverão ser investidos no mínimo 70% do seu patrimônio líquido. Os fundos mais conhecidos entre os investidores é o dólar.

Manter o poder de compra em moeda estrangeira é o principal objetivo desse tipo de fundos de investimentos e deve ser feito caso você queira uma proteção contra a desvalorização de médio ou a longo prazo.

Fundos da Dívida externa

Os fundos de dívida externa têm como objetivo principal o investimento de no mínimo 80% dos seus recursos para usá-lo em títulos representativos da dívida externa do mercado internacional. Os 20% que restam do seu patrimônio dos fundos de investimentos poderão ser aplicados em outros títulos.

Esses fundos podem ser usados somente com o objetivo de proteção quanto a uma possível dívida externa e só poderá ser negociados no seu país de origem.

Para os investidores mais profissionais no assunto, este é um tipo dos fundos de investimentos que é mais ágil e de baixo custo operacional de investir em títulos do governo fica mais acessível para todas as camadas sociais que acabam ajudando o país neste sentido.

Além da rentabilidade que é calculada para se ter um controle referente aos valores que entram e saem neste tipo de investimento também existem variações do câmbio já que está relacionado à dívida externa.

Fundos de multimercado

Os fundos multimercado são mais complexos do que os fundos DI ou de Renda Fixa. Dentre os fundos de investimentos é preciso estudar bem sobre as estratégias, porém vale a pena conhecer melhor porque poderá ser uma ótima opção para você investir.

Neste tipo de investimento você pode investir o seu dinheiro como se fosse aos demais tipos de investimentos já mostrados neste artigo, essa flexibilidade possibilita você a montar diversas estratégias.

Dependendo de como está o cenário econômico o seu lucro sobe significativamente permitindo com que os fundos multimercados possam passar por momentos de forte reviravolta no mercado de ação.

É importante ficar atento em qual tipo de estratégia de investimento você irá adotar, pois cada uma tem sua regra para operar o seu montante. As estratégias podem ser:

  • Macro;
  • Tranding;
  • Long and short (equity hedge);
  • Juros e moedas;
  • Livre;
  • Específica.

Fundos imobiliários

De acordo com vários especialistas do ramo, os fundos imobiliários são uma excelente alternativa para investimentos consequentemente terá grandes vantagens, veja a seguir:

  • A praticidade que a pessoa tem para investir através do uso da internet que é uma grande aliada dos investidores de hoje. Para fazer o investimento basta fazer a ordem da compra na B3 a partir do Home-Broker;
  • O fracionamento dos imóveis que em sua maioria acaba por custar caro;
  • As atividades e os locatários (pessoas que alugam imóveis) de primeira linha que terão de pagar o aluguel para uma grande empresa;
  • E por último tem os excelentes geradores de renda, essa é a maior vantagem deste tipo de investimento que é prática e simples. Podendo administrar todo o mês os fundos que recebe dos aluguéis;

As várias funções que um investidor deve ter dentro do mundo do mercado financeiro, por esta razão, o ideal é ter auxílio de profissionais ou pessoas que conhecem as estratégias dos fundos de investimentos.

Saiba que é possível comprar aplicações sem precisar ser expert no assunto ou fazer tudo ao mesmo tempo.

Algumas vantagens deste tipo de negócio é o fato de facilitar a diversificação e também de poder aplicar mesmo com pouco dinheiro. Tudo irá depender do valor que você tem disponível para investir e analisar qual o melhor fundo de investimentos para que tenha retornos satisfatórios e nos prazos que necessita.

Agora que você já sabe tudo sobre quais os tipos de fundos de investimentos existem, comece a investir seu dinheiro na melhor opção para você.

Continue acompanhando o blog para mais informações sobre o assunto e veja as postagens acerca de tudo sobre o mundo financeiro e ter êxito nos seus investimentos.

Artigos que podem ser úteis para você: Como escolher uma corretora pra investir em renda fixa? | 4 Dicas para investir em fundos imobiliário

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-02-05T21:14:03+00:00 dezembro 26th, 2018|Investimentos|0 Comments

Leave A Comment