Perfil do Investidor: o que é e como funciona?

Montar uma carteira de investimentos sólida e diversificada é fundamental para todos os investidores que desejam obter lucros e, ao mesmo tempo, proteger seu capital e diminuir os riscos das suas aplicações. Existe, no entanto, outro quesito importante que não deve ser esquecido na hora da composição da carteira: o perfil do investidor.

Mas você sabe o que é o perfil do investidor? Entende por que identificar os investimentos que melhor se adéquam ao perfil do investidor é tão importante para a composição de uma carteira?

No artigo de hoje você vai saber mais sobre este quesito tão importante no ambiente dos investimentos, que não deve jamais ser ignorado pelo investidor. Acompanhe!

O que é o Perfil do Investidor?

Todo investidor possui metas e objetivos específicos, não é mesmo? E cada pessoa que investe possui suas preferências em relação aos investimentos e em relação aos riscos que estão atrelados a eles. Este conjunto de preferências do poupador é chamado de Perfil do Investidor.

O perfil do investidor é identificado por meio destas preferências e objetivos do investidor, e permite uma distribuição dos investimentos mais compatível com o perfil de cada um. Em regra, existem três tipos de perfis: conservador, moderado e agressivo. Conheça cada um deles:

Perfil Conservador

O investidor com perfil conservador é aquele que prioriza, acima de tudo, a preservação do seu capital. Ele não está disposto a correr riscos que possam comprometer seu patrimônio e aceitam baixa rentabilidade em troca de maior segurança.

Investidores mais conservadores costumam ter preferência por investimentos como o Certificado de Depósito Bancário (CDB), Tesouro Direto, Letras de Crédito Imobiliário (LCI), Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), entre outros investimentos de baixo risco.

Perfil Moderado

Já o investidor moderado está disposto a assumir certos riscos em busca de uma rentabilidade superior, sem abrir mão da segurança da carteira como um todo. Quem possui perfil moderado costuma montar sua carteira de modo a balancear e controlar os riscos, optando por investimentos mais seguros para compor a maior parte da carteira e escolhendo ativos de maior risco – que podem lhe trazer melhores resultados – para compor uma pequena parte dos seus investimentos.

Investidores com perfil moderado costumam investir em títulos mais procurados por investidores conservadores e também em produtos com risco maior, como debêntures, determinadas ações, fundos multimercados, fundos imobiliários, fundos de ações, entre outras.

Perfil Agressivo

O investidor agressivo – também conhecido como investidor com perfil arrojado – costuma ter maior apetite ao risco e, por isso, escolhe os investimentos em busca da maior rentabilidade possível. Normalmente estes investidores têm um bom conhecimento do mercado e não se afligem com oscilações e volatilidades diárias ou possíveis instabilidades durante o investimento.

A carteira de investimentos de quem possui perfil agressivo costuma ser composta por alguns produtos conservadores, por investimentos moderados e também por produtos com maior risco, como ações e derivativos.

Qual a importância do Perfil do Investidor?

Saber qual é o seu perfil enquanto investidor é um processo necessário para formulação de uma carteira de investimentos mais adequada para si, que estará em linha com seu apetite ao risco e com suas metas e objetivos.

Além disso, montar uma carteira de investimentos baseada no seu perfil enquanto poupador evitará situações de ansiedade ou qualquer outro tipo de desconforto em relação aos seus investimentos. Isso porque uma carteira compatível com o perfil do investidor tende a se adequar às expectativas do poupador, evitando surpresas quanto à performance e aos riscos dos investimentos.

Como identificar o Perfil do Investidor?

Para identificar o perfil de um investidor é preciso fazer uma avaliação. Nos bancos, o formulário que ajuda nesta identificação é chamado de API: Avaliação de Perfil do Investidor.

Embora todas as instituições financeiras que se proponham a vender investimentos devessem aplicar este formulário aos seus clientes antes de qualquer decisão quanto aos investimentos, isso nem sempre acontece. E, por isso, muitos investidores desconhecem o formulário de “suitability”(aptidão, em tradução livre).

Este formulário ajuda a identificar o perfil do investidor por meio de uma série de avaliações que envolvem a renda e patrimônio do investidor, sua idade, projetos e objetivos futuros, nível de conhecimento do mercado, o prazo desejado para investimento, nível de tolerância ao risco, etc. A recomendação de investimentos por parte das instituições financeiras deveria ocorrer somente após a avaliação deste formulário, respeitando as escolhas e o perfil de cada cliente.

É muito importante que todo investidor, em algum momento, se submeta à avaliação do seu perfil do investidor. No Blog de Valor disponibilizamos um formulário de avaliação, que oferece ao investidor uma noção do seu perfil na hora de investir, baseado em suas respostas a algumas questões específicas.

E você, sabe qual é o seu perfil enquanto investidor? Já respondeu ao formulário de avaliação em alguma instituição financeira? Deixe seu comentário aqui no post!


Equipe App Renda Fixa
contato@rendafixa.rocks

Invista também em conhecimento! Preencha seu e-mail e receba nossos conteúdos sobre finanças e investimentos.

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
2019-05-20T18:13:32+00:00

About the Author:

André Bona
O Blog de Valor é um site de educação financeira independente cuja finalidade é auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender, por meio de conteúdos educacionais, o mercado financeiro e os seus produtos.

Leave A Comment