Dicas para poupar e investir de forma inteligente

Buscar estabilidade é uma tarefa constante, em especial em momentos de instabilidade e crise econômica. A questão central é que não são muitas as pessoas que possuem boas estratégias para economizar, poupar e investir dinheiro de maneira eficiente para alcançar o sucesso no campo financeiro.

Ainda que os termos possam parecer semelhantes, eles também são possuem diferenças que devem ser consideradas para estabilizar as finanças.

Economizar, poupar e investir são os 3 principais passos que você deve dar para obter uma vida financeira organizada e bem-sucedida, e para isso é necessário que você entenda a diferença entre esses termos e tenha estratégias inteligentes para cumprir esses passos.

Para que você possa economizar, poupar e investir seu dinheiro de uma forma mais inteligente, separamos as dicas deste artigo. Continue a leitura.

Economizar, poupar e investir: os 3 passos do sucesso financeiro

Para alcançar o sucesso financeiro, os 3 passos mais importantes que você deve dar são os de economizar, poupar e investir seu dinheiro de forma inteligente. Para te ajudar nisso, vamos falar um pouco sobre cada um desses pontos, confira a seguir:

  • Economizar

O primeiro passo que você deve dar para alcançar uma vida financeira mais saudável é, com certeza, o de economizar dinheiro, para então poder poupar e investir os seus recursos.

Não é possível acumular uma quantia financeira considerável, caso você não adote um estilo de vida mais sóbrio e condizente com o seu real padrão financeiro.

Para ser capaz disso, é importante agir de forma a evitar o desperdício de recursos, gastando o seu dinheiro de forma moderada e adotando atitudes que sejam inteligentes e estratégicas.

Algo essencial que você precisa saber, por exemplo, é a quantidade exata de dinheiro que entra e que sai do seu orçamento todos os meses. Ou seja, conhecer em detalhes a sua receita e as suas despesas.

Muitas pessoas até acreditam que possuem esse conhecimento, mas na realidade, é bem raro que alguém de fato tenha esse controle de fato.

Para calcular o valor real da sua receita, por exemplo, você precisa subtrair delas todos as despesas fixas mensais, ou seja, todas aquelas contas que necessariamente você precisa pagar todos os meses.

Nessa equação, você deverá incluir despesas como:

  • Mensalidades escolares dos filhos;
  • Parcelamento do veículo;
  • Prestação de financiamento da casa;
  • Plano de saúde familiar;
  • Seguro de vida;
  • Impostos;
  • Aluguel;
  • E qualquer outro tipo de despesa que não possa ser excluída ou mudada;

Ao conhecer o valor real dessas despesas e subtraí-lo da sua receita, você chega ao número exato do seu rendimento, uma vez que esse é um valor ao qual você nunca poderá de fato ter acesso.

Depois de ter em mãos o valor de fato do seu capital disponível, é hora de economizar e fazer os cortes necessários.

Contas como água, luz, telefone, internet e gás, por exemplo, podem ser reduzidas através de atitudes práticas e com a colaboração de todas as pessoas que moram na casa, além da utilização de materiais com um preço menor e alteração dos planos de telefonia e internet para opções mais em conta.

  • Poupar

O passo seguinte é o de poupar, que apesar de muitos acreditarem ser o mesmo que economizar, na verdade não é a mesma coisa.

Poupar, na realidade, significa, montar uma reserva de dinheiro que esteja disponível para que você a use em momentos de emergência, como, por exemplo, caso você fique desempregado.

E o que fazer para conseguir montar essa reserva financeira? Bem, depois de conhecer melhor a sua realidade financeira, tomando nota de suas despesas e receita e economizar para reduzir essas despesas, tendo mais receita disponível, é hora de guardar o dinheiro que você economizou.

Uma estratégia inteligente para conseguir poupar e investir seu dinheiro é a de estipular um valor mínimo mensal que será guardado e organizar o seu orçamento de forma que seja possível poupar esse valor todos os meses.

Se você precisar ou quiser fazer alguma compra de valor mais alto, deverá pensar bastante sobre a real necessidade dessa compra e planejar para realizá-la.

Se for possível, você pode pensar em alternativas para conseguir um dinheiro extra para fazer esse tipo de compra. Nesse caso, você pode, por exemplo:

  • Fazer um bazar e vender alguns objetos ou roupas que não utiliza mais, mas que estejam em bom estado;
  • Dar aulas particulares, caso você fale algum outro idioma ou toque algum instrumento musical;
  • Vender algo que você mesmo possa confeccionar, como doces e artesanatos;
  • E qualquer outra alternativa para conseguir dinheiro extra.

Assim, você tem mais receita disponível sem comprometer o valor que você vai utilizar para poupar e investir para então formar a sua reserva financeira.

  • Investir

Depois de economizar e poupar, é hora de começar a investir o seu dinheiro de forma inteligente.

Apenas ir juntando recursos de forma indefinida não é o suficiente para obter sucesso financeiro, afinal de contas, é bem provável que assim você demore muito tempo para ter o retorno que deseja. O ideal é poupar e investir esse dinheiro em aplicações financeiras.

Dessa maneira, é muito importante conhecer quais as aplicações financeiras estão disponíveis no mercado e quais delas podem ajudar você a ter mais lucro e alcançar os objetivos que você deseja obter.

Depois de entender as diferenças entre economizar, poupar e investir seu dinheiro, vamos dar algumas dicas de estratégias inteligentes nesse sentido para que você possa alcançar seu sucesso financeiro.

Dicas para economizar

Para economizar, poupar e investir seu dinheiro de forma inteligente, nem sempre é necessário realizar alterações muito radicais na sua rotina.

Apesar de ser de fato necessário realizar alguns cortes no seu orçamento para conseguir de fato economizar, poupar e investir, não é preciso deixar de fazer as coisas que você gosta.

Aliás, é até importante manter em sua rotina algumas dessas coisas, caso contrário você pode se sentir desmotivado a continuar a poupar e investir, por isso, confira abaixo algumas dicas para economizar dinheiro sem modificar completamente a sua rotina:

  • Veja as alternativas e faça substituições inteligentes

Uma boa ideia é, ao invés de simplesmente cortar algumas coisas da sua rotina, você avaliar alternativas mais em conta e fazer substituições.

Por exemplo, se você costuma sair para jantar fora em restaurantes caros, que tal trocar esses jantares por refeições em casa feitas por você mesmo?

Outra dica é você separar um tempo para pensar se você está de fato utilizando todos os itens que possui. O ponto aqui é o de ter consciência de que não é necessário simplesmente parar de fazer as coisas que você gosta, mas sim reavaliar o padrão de vida que você tem adotado.

Dessa forma, é possível ter uma ideia acerca da frequência na qual você faz algumas coisas, e, quando possível, fazer trocas inteligentes para alternativas mais em conta.

Confira algumas dicas para isso:

  1. Os planos de telefonia, de tv e de internet que você assina, de fato estão adequados às necessidades que você tem? Às vezes, o seu pacote de TV a cabo completo é na verdade um gasto desnecessário e o seu plano de internet pode ser trocado por um com valor mais em conta. Reveja as opções dos planos que você assina e se for possível, troque-os;
  2. Você vai para qualquer lugar usando o seu carro? Se sim, talvez seja uma boa ideia incluir algumas caminhadas no seu dia a dia. Além de economizar no combustível e no preço do estacionamento, você também vai estar fazendo bem para a sua saúde.
  3. Happy hours semanais são realmente necessários? O mesmo vale para jantares em restaurantes, cafés e almoços de trabalho. Talvez se você reduzir a frequência desses eventos, consiga economizar uma quantia significativa em dinheiro.
  4. Bancos e cartões de crédito podem cobrar encargos e tarifas significativas dos clientes. Fique de olho em extratos e faturas e se for possível, migre para serviços mais em conta e com menos taxas, como é o caso de contas correntes em bancos virtuais, por exemplo.
  5. Se alguma coisa tem uma mensalidade muito alta, como a academia ou a aula de inglês, mas você não quer abrir mão disso, que tal procurar uma escola ou academia mais barata?
  6. Preste atenção aos locais onde você realiza as suas compras e antes de adquirir qualquer coisa, faça uma pesquisa de preços. Redes de supermercado diferentes em bairros diferentes, por exemplo, podem ter uma variação de preço significativa;
  • Tome atitudes que possam te ajudar na hora de economizar

Para economizar, poupar e investir dinheiro, pode ser que você de fato tenha que cortar da sua rotina algumas coisas que você sente prazer em fazer e essa pode não ser uma tarefa das mais fáceis.

Por isso, quando estiver reavaliando os hábitos que vai precisar mudar, tome algumas atitudes que irão te ajudar a continuar motivado e te incentivam a continuar na tarefa de economizar, poupar e investir.

Algumas dicas para isso são:

  1. Evitar usar palavras com sentido negativo, como restrição, mantendo o foco naquilo que você pretende conseguir através da economia: o seu sucesso financeiro, suas contas em dia e uma boa reserva financeira. Com essa atitude, é mais fácil realizar as mudanças necessárias.
  2. Tenha metas definidas e se desafie. Algumas vezes, a economia faz com que você acabe descobrindo atividades novas e gostos interessantes como, na organização do seu armário, encontrar uma peça de roupa esquecida, mas que é linda e pode ser aproveitada, ou aprender a cozinhar, entre diversas outras coisas.
  3. Tenha um quadro para anotar o quanto você vem conseguindo economizar. Quando você puder ver o resultado dos seus cortes no orçamento a cada mês, vai se sentir mais motivado para se manter na tarefa de economizar, poupar e investir.

Poupar pode ser mais importante que investir

Focando agora em poupar e investir, para agir de forma inteligente nesse sentido, você precisa entender a diferença entre as duas coisas e porque poupar pode ser ainda mais importante que investir o seu dinheiro.

Primeiro, vamos ver a diferença entre poupar e investir:

Poupar é o ato de abrir mão de gastar os seus recursos financeiros, evitando desperdícios e guardando aquilo que resulta dessa economia de recursos, enquanto investir é o ato de empregar o seu dinheiro de alguma forma, fazendo com que o mesmo trabalhe para você e renda mais, multiplicando os seus recursos.

E por que poupar pode ser ainda mais importante que investir?

Muita gente investe muito do seu tempo estudando sobre aplicações financeiras e as suas implicações técnicas, mas não investem nenhum tempo estudando seu próprio orçamento para identificar as despesas desnecessárias e fazer os cortes que sejam necessários.

Isso de maneira alguma significa que gastar parte do seu tempo para aprender como investir o seu dinheiro em aplicações financeiras não seja importante, na verdade, o que queremos dizer aqui é que, antes disso, você precisa avaliar como poupar seus recursos para de fato ter o que investir em aplicações financeiras.

Além disso, poupar e investir o seu dinheiro é muito mais do que ter um montante aplicado em algum investimento.

O processo de poupar e investir começa bem antes disso, quando você busca estratégias para quitar e controlar as suas dívidas e quando você realiza a contenção dos seus gastos e organiza o seu orçamento.

Só depois disso é possível chegar a fase de realizar investimentos para obter o sucesso financeiro que você deseja.

Gestão de riscos dos investimentos

É comum que as pessoas tenham a ideia de que investimentos estão associados a instabilidade, e que por isso, eles não seriam uma boa ideia. Entretanto, isso não é exatamente uma verdade quando se trata de poupar e investir dinheiro.

Investimentos realmente contam com alguns riscos, mas basta saber escolher um investimento seguro. Investir é pensar no futuro, e fazer investimentos da maneira adequada, significa não comprometer o presente ao fazer isso.

Procurar alternativas para incrementar a renda através de investimentos, inclusive, não é nenhum um luxo, principalmente se analisarmos o atual contexto de instabilidade e crise econômica. Investir na verdade é quase uma necessidade intrínseca para conquistar o sonho de obter sucesso financeiro.

Entretanto, investir não é um mar de rosas, e é preciso sabedoria, estudo sobre o tema e estratégia. Confira abaixo algumas dicas para poupar e investir com segurança:

  • Em primeiro lugar, você deve traçar as metas financeiras que deseja atingir através do investimento, ou seja, estabelecer quanto quer ganhar e em quanto tempo pretende fazer isso;
  • É necessário, antes de começar um investimento, se dedicar a estudar e adquirir conhecimento acerca da área. Se você é leigo, antes de começar, estude muito o assunto;
  • Não vai ser eficiente apostar em investimentos que foram indicados para você, mas que não sejam coerentes com suas convicções. É necessário que você acredite no investimento que está fazendo;
  • É necessário ter foco, uma vez que os melhores investimentos, que são mais rentáveis e mais seguros, são aqueles que dão resultados no longo prazo;

Além disso, outro fator que deve ser considerado na hora de poupar e investir o seu dinheiro para alcançar o tão sonhado sucesso financeiro, é a gestão de riscos destes investimentos.

Correr risco, no mundo dos investimentos é algo que não é possível evitar. Nem na vida de forma geral, afinal de contas, ao dirigir, por exemplo, você se coloca em risco de sofrer um acidente, o que não significa que deixar de dirigir seja a melhor solução.

Neste caso, para diminuir a possibilidade de sofrer um acidente, você geralmente toma alguns cuidados enquanto dirige, certo?

O mesmo vale para quando você for tomar a atitude de poupar e investir o seu dinheiro em aplicações financeiras. É necessário tomar alguns cuidados, fazendo uma gestão inteligente dos tipos de investimentos nos quais pretende apostar.

Investimentos sempre irão implicar em alguns riscos, entretanto, é possível tomar alguns cuidados para diminuir a chance de algo dar muito errado, fazendo com que você perca dinheiro.

A gestão de riscos de investimentos, desta forma, é realizada considerando os seguintes fatores de risco envolvidos em poupar e investir dinheiro:

  • Risco do Ativo

Para diminuir os riscos do ativo, uma boa solução é diversificar seus investimentos, não se tornando dependente exclusivamente de um ativo.

  • Risco de Mercado

A globalização da economia cada vez mais crescente, faz com que todos os tipos de investimento estejam sujeitos às flutuações do mercado. Esteja atento a essas flutuações para proteger seus investimentos;

  • Risco de Liquidez

Quanto maior o valor do ativo, mais difícil fazer com que ele se torne dinheiro vivo. Imóveis, por exemplo, podem ter um valor elevado, mas é preciso que alguém os compre, para serem convertidos em dinheiro.

Você vai precisar estruturar o seu orçamento e ter um planejamento financeiro eficiente

Se você realmente quer poupar e investir o seu dinheiro para conquistar o tão sonhado sucesso das suas finanças, deve ter em mente que isso só será possível através de um bom planejamento das suas finanças, para evitar problemas em relação as suas contas tanto hoje, como futuramente.

Quando se fala em estruturar o orçamento e em planejamento financeiro, muitas pessoas podem acabar se assustando com os termos e pensar que irão precisar de conhecimentos mais aprofundados em economia e em gestão financeira para conseguir elaborar algo do tipo.

Mas na verdade, a partir de estratégias muito simples, já é possível realizar um bom planejamento e uma boa estrutura orçamentária para poupar e investir dinheiro de forma inteligente e eficaz.

Para que você chegue lá, elaboramos algumas dicas de como elaborar um orçamento estruturado e realizar um planejamento financeiro para as contas da sua casa.

Dessa maneira, é muito mais fácil poupar e investir o seu dinheiro de forma mais inteligente e desta forma, é possível alcançar o sucesso das suas finanças e uma vida mais equilibrada em relação a esse tema.

Confira as dicas a seguir:

  • Conte com todos

É muito importante para que o planejamento financeiro das finanças da família seja realizado com a participação ativa de todos os seus membros da mesma, para que todos entendam a realidade financeira da casa, e possam contribuir para a manutenção de sua estabilidade e para encontrar as melhores formas de poupar e investir dinheiro.

  • Tenha um mapeamento detalhado de todas as suas fontes de renda

O primeiro passo de um planejamento financeiro bem estruturado é realizar um mapeamento de todas as suas fontes de renda, para que você saiba exatamente quanto de dinheiro você tem disponível para organizar o seu orçamento, poupar e investir.

Use uma planilha para anotar todos os ganhos e rendimentos que você tem, e saiba exatamente qual é o valor exato de sua renda mensal.

  • Tenha um mapeamento detalhado de todas as suas despesas

Além de mapear todos os seus rendimentos, faz parte do seu planejamento financeiro, saber exatamente quais são os seus gastos mensais. Você precisa saber como exatamente tem gasto o seu dinheiro, por isso, não deixe nenhuma despesa de fora, por mais insignificante que pareça. Isso vai fazer toda a diferença na hora de poupar e investir o seu dinheiro.

  • Observe e reflita sobre o resultado

Depois de mapear receitas e despesas, cruze os dados para entender exatamente qual é a realidade atual da sua vida financeira e o quanto você pode poupar e investir.

  • Ajuste o necessário

Essa é a parte prática do seu planejamento financeiro. Agora que você já sabe a sua realidade financeira, vai poder traçar as melhores estratégias para melhorá-la, cortando os gastos desnecessários, e quitando as dívidas, se for o caso e escolhendo as formas ideais de poupar e investir o seu dinheiro de acordo com essa realidade financeira.

Agora você já sabe a diferença entre economizar, poupar e investir e conhece algumas estratégias para dar esses 3 importantes passos para estabilizar as suas finanças de forma mais inteligente e eficiente.

Se você gostou deste artigo e quer ver mais dicas como essas, para melhorar a saúde da sua vida financeira, em nosso blog você pode encontrar muito mais conteúdo como esse. Para isso, confira as postagens do arquivo do nosso blog e continue acompanhando as nossas publicações.

Artigos que podem ser úteis para você: 5 situações que te deixam financeiramente abalado | Perca o medo de investir em corretoras

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-02-05T22:31:35+00:00 novembro 9th, 2018|Dicas de como poupar|0 Comments

Leave A Comment