Descubra como especular no Tesouro Direto!

Você já se deparou com propagandas na internet de empresas ou pessoas prometendo rentabilidades superiores a dois dígitos ao ano com o Tesouro Direto? Se sua resposta foi sim, certamente você deve ter ficado curioso ou até mesmo desconfiado com esta promessa de ganhos extraordinários no Tesouro, não é mesmo?

Mas pode acreditar: existe sim a possibilidade de conquistar excelentes rentabilidades não apenas com o Tesouro Direto, mas com qualquer título que possua componentes prefixados maçados a mercado – e que possam ser negociados antes do seu vencimento. Este movimento acontece graças à especulação.

Se você se interessou sobre o tema e deseja entender como especular no Tesouro Direto, continue a leitura e descubra como conquistar rentabilidades acima de 30% nos títulos públicos brasileiros.

O programa Tesouro Direto

Para entender como especular no Tesouro Direto é preciso compreender, em primeiro lugar, o que é este programa. O “Programa Tesouro Direto” é uma plataforma que permite a compra de títulos públicos.

A plataforma é mantida pela Secretaria do Tesouro Nacional, na qual são negociados títulos (ativos financeiros de renda fixa) emitidos pelo Governo Federal. Nos últimos anos, centenas de milhares de investidores que buscavam investimentos mais seguros e com rentabilidade superior à da Caderneta de Poupança realizaram aplicações no Tesouro Direto.

Em geral, a rentabilidade dos títulos do Tesouro se mantém em linha com as taxas e juros do mercado – como a Selic, não sendo possível encontrar rendimentos de 25% ou 30% ao ano, por exemplo. Estas rentabilidades extraordinárias só podem ser pleiteadas por quem faz especulações no Tesouro Direto, sobre a qual você saberá mais logo a seguir.

Afinal, o que é marcação a mercado?

Um segundo passo para compreender como funciona a especulação no Tesouro é entender a marcação a mercado. Esta marcação a mercado de um título se refere à atribuição de um valor para este título na data atual, independente do seu vencimento ocorrer apenas no futuro.

Desta forma, precifica-se o título que ainda não venceu, para que ele possa ser negociado e comercializado antes do seu vencimento. Quando faz-se esta precificação está se realizando uma marcação a mercado.

No caso dos títulos pós-fixados, por exemplo, a marcação a mercado é feita a partir do indicador ao qual ele está indexado, como CDI e a Selic Over, por exemplo. Nestes casos, a marcação ocorre adicionando os juros, dia após dia, ao valor investido.

No caso dos pré-fixados, por outro lado, podem existir grandes diferenças de preços entre o valor investido e a marcação a mercado – o que gera oportunidades para que investidores possam especular no Tesouro Direto e, eventualmente, conquistar rentabilidades mais interessantes.

Como especular no Tesouro Direto?

A estratégia de especular no Tesouro Direto tem como base justamente se aproveitar destas oscilações de preço dos títulos públicos no curto e médio prazo, que podem resultar em ganhos substanciais. Isso é possível graças às diferenças diárias nos preços destes títulos – semelhante ao que acontece com as ações na bolsa de valores.

Este processo de especulação no Tesouro Direto costuma ocorrer em curto e médio prazos, variando entre 6 e 24 meses. Quanto mais longe estiver o vencimento do título, maior tende a ser sua variação diária, aumentando as chances de especular no Tesouro Direto e obter bons ganhos com esta especulação.

No site do Programa Tesouro Direto é possível verificar a variação diária dos títulos e as mudanças de preço ao longo do tempo e, a partir destas verificações e análises, o especulador consegue definir uma estratégia a seguir. É importante ter em mente, no entanto, que quanto maior as possibilidades de ganhos, maior o risco – que não deve jamais ser ignorado, seja pelo investidor ou pelo especulador.

Se você tem interesse em especular no Tesouro e conhecer as estratégias mais utilizadas por quem busca rentabilidades melhores por meio da especulação, existe na internet uma série de conteúdos e cursos específicos para esta finalidade.

Você também pode optar estudar e se aprofundar por conta própria neste tema para dar início às suas especulações. Só não vale desconsiderar os riscos da especulação no Tesouro Direto, ok?

Gostou do conteúdo de hoje sobre como especular no Tesouro Direto? Então deixe seu comentário aqui no post!

Artigos que podem ser úteis: Indexadores: Tudo que você precisa saber | Guia básico do tesouro prefixado

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-02-05T20:51:04+00:00 junho 8th, 2018|Investimentos|0 Comments

About the Author:

André Bona
O Blog de Valor é um site de educação financeira independente cuja finalidade é auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender, por meio de conteúdos educacionais, o mercado financeiro e os seus produtos.

Leave A Comment