Vale a pena pegar um empréstimo para começar a investir?

Fazer um empréstimo para começar a investir será uma alternativa que vale mesmo a pena? É muito comum que essa dúvida passe pela cabeça de quem está pensando em iniciar um negócio ou usar o dinheiro em algum tipo de aplicação financeira.

Para ajudar você a resolver essa questão e decidir se fazer um empréstimo para começar a investir vale ou não a pena, preparamos o artigo de hoje.

Como na grande maioria das questões que envolvem as finanças, a resposta para essa dúvida é depende. E depende de inúmeros fatores sobre os quais falaremos ao longo desta publicação. É necessário pesar esses fatores com cuidado para decidir se essa é uma opção viável para você.

Confira nos próximos tópicos se obter um empréstimo para começar a investir é algo que vale ou não a pena para a sua vida financeira.

Vale a pena pegar um empréstimo para começar a investir?

Investir dinheiro emprestado pode ser um bom negócio?

Será que obter empréstimo para começar a investir é ou não um bom negócio? Bom, em primeiro lugar, o que você deve levar em consideração é se o retorno financeiro que esse investimento vai trazer é de fato maior do que as taxas de juros que precisarão ser pagas pelo dinheiro emprestado.

Ainda que essa seja uma questão aparentemente óbvia, talvez não seja tão fácil assim elucidar esse ponto.

Pode ser que o custo efetivo total de determinado empréstimo não seja informado de início e você saiba apenas o valor dos juros, e para decidir se fazer empréstimo para começar a investir, você deve levar todo o custo do empréstimo em consideração.

Em segundo lugar, outro ponto que deve ser considerado são os riscos que existem em relação ao retorno a ser obtido pelo investimento a ser realizado.

Antes de decidir fazer ou não um empréstimo para começar a investir, você deve avaliar se o retorno esperado pelo investimento é certo ou se pelo menos tem altas chances de ser.

O fato é que não existe dinheiro fácil, antes de decidir sobre uma questão sobre essa, você precisa estudar o assunto, avaliar as possibilidades e pensar bastante, pesando todos os fatores com cuidado antes de efetivamente obter um empréstimo para começar a investir.

Investimentos de maior risco, como as ações por exemplo, apesar de muitas vezes previrem um retorno atrativo, não podem oferecer um retorno garantido, considerando as eventuais flutuações do mercado.

Investir nesse tipo de aplicação com dinheiro emprestado, portanto, não parece ser uma alternativa viável.

Emprestar dinheiro para abrir um negócio próprio vale a pena?

Já para quem pretende obter um empréstimo para começar a investir em um negócio próprio, que também pode ser uma atividade de risco, pode estar tomando a decisão de forma mais acertada.

Entretanto, a melhor pessoa para decidir isso é você mesmo, afinal de contas, vai ser você que vai realizar o planejamento do negócio, com isso, saberá se o mesmo pode ou não ser de fato rentável.

Aliás, ainda que você sequer necessite fazer um empréstimo para começar a investir no seu negócio próprio é necessário, com toda a certeza, que você estude sobre o mercado no qual você pretende investir, então elabora um bom plano de negócios e saiba exatamente onde está pisando.

Entretanto é necessário pensar bem se fazer um empréstimo para começar a investir em um negócio próprio valerá de fato a pena para você.

Fazendo isso, você estará iniciando uma atividade empreendedora já contando com uma dívida e totalmente dependente de um capital que de fato não pertence a você.

E quanto maior for o valor do empréstimo para começar a investir no seu negócio, mais sensível o seu empreendimento estará em relação a flutuação das vendas do mesmo, o que pode te levar a ter de fechar a porta se enfrentar algum período com lucros abaixo do esperado.

Além disso, a maior parte das instituições financeiras não costuma liberar crédito para financiar o capital integrar de um negócio que vai ser aberto, justamente porque o risco desse tipo de empréstimo é muito alto para as mesmas.

Se você não tem o capital que precisa para iniciar seu negócio próprio, pode dividir o capital inicial do seu investimento entre uma parte de capital próprio e outra parte de capital de terceiros, estabelecendo, de forma clara, para qual parte do seu planejamento esse capital de terceiros deverá ir.

Lembrando que seja por empréstimo ou por sociedade, o capital de terceiros para iniciar o seu negócio, não deverá ser superior a 20% do valor líquido das projeções de venda nos seus meses iniciais de atividade.

Procurar sócios ou investidores pode ser uma opção mais vantajosa do que fazer um empréstimo para começar a investir no seu próprio negócio.

Iniciando a sua empresa já com um endividamento do negócio, ao pedir um empréstimo para começar a investir aumenta os riscos financeiros do seu empreendimento, afinal de contas é difícil ter a total certeza de que vai entrar dinheiro em caixa para proceder o pagamento dessa dívida.

E quando fazer um empréstimo para investir em um negócio vale a pena?

Em algumas situações, fazer um empréstimo para começar a investir pode valer a pena sim, desde que isso seja feito com cuidado, planejamento e se preocupando com a segurança acerca do retorno do investimento a ser realizado.

É necessário que você tenha em mente inicialmente que mais relevante até que conseguir o capital em um empréstimo para começar a investir é preciso, antes de mais nada, que você esteja certo de que realmente precisa realizar uma contratação de crédito para atingir seus objetivos.

Pode ser que você ainda tenha muito claro no momento qual é a sua realidade financeira, então, antes de começar a procurar uma opção de empréstimo para começar a investir, faça uma avaliação cuidadosa das suas finanças, para se certificar de que este empréstimo é realmente necessário.

A principal estratégia nesse sentido, é realizar um planejamento efetivo e cuidadoso do investimento que pretende realizar, verificando com cuidado fatores como:

  • A rentabilidade desse investimento;
  • A demanda financeira inicial necessária;
  • Fatores de risco envolvidos no investimento;
  • Liquidez do investimento;
  • Pesquisas de mercado;
  • Pesquisas em relação a fornecedores;
  • Pesquisas sobre seu público-alvo;
  • Pesquisas em relação aos seus concorrentes;
  • Entre outros fatores relevantes para elucidar a questão;

Outro cuidado que você deve tomar é em relação ao período de tempo necessário para que o investimento a ser realizado passe a trazer algum retorno financeiro.

Caso você opte por realizar um empréstimo para começar a investir no seu negócio próprio, sem fazer uma previsão em relação a rentabilidade do empreendimento no seu período inicial, sua empresa pode acabar perdendo o rumo e fechando as portas antes mesmo de dar algum resultado para você.

No caso de ser necessário um período de tempo muito longo para que seu negócio comece a dar resultados, antes de optar pelo empréstimo para começar a investir você pode e deve considerar outras possibilidades para levantar o montante em dinheiro que vai ser necessário.

Nesse sentido, você pode procurar por sócios, investidores ou optar por começar seu investimento com um negócio de menor porte e então ir expandindo seu empreendimento ao longo do tempo.

Por fim, no seu planejamento, você deve considerar que empréstimo para começar a investir no seu negócio valerá a pena apenas no caso de o mesmo oferecer rendimentos que o permitam pagar as parcelas do empréstimo, ao mesmo tempo em que mantém suas atividades e gera lucro.

Um empréstimo para começar a investir em um empreendimento próprio bem escolhido é aquele cujas parcelas representem uma porcentagem entre 20 e 25%, no máximo, do lucro líquido obtido pelo negócio.

Escolha o melhor empréstimo para investir no seu negócio

Caso você já tenha avaliado a situação, realizado o planejamento estruturado do seu negócio, e desta forma, decidiu que empréstimo para começar a investir no seu empreendimento é a melhor opção, agora é o momento de escolher a linha de crédito que melhor vai atender a sua necessidade.

Cada uma das modalidades de empréstimo possui suas próprias características, tais como:

  • Suas taxas de juros;
  • Condições;
  • Valores;
  • Regras específicas;

Para te ajudar a escolher o melhor empréstimo para começar a investir no seu negócio, falaremos um pouco sobre cada uma das opções de linha de crédito que você pode escolher para atingir o seu objetivo.

Desta forma, você pode escolher aquele empréstimo para começar a investir no seu empreendimento que melhor poderá atender às suas necessidades:

  • Empréstimo consignado

O empréstimo consignado constitui em uma opção de linha de crédito que conta com as menores taxas de juros disponíveis no mercado para que você solicite o seu empréstimo para começar a investir.

O pagamento desta opção de empréstimo é realizado através dos descontos das parcelas do mesmo de forma direta do seu holerite ou da sua aposentadoria, se for o caso. O que facilita o processo tanto para a pessoa que solicita, quanto para a instituição financeira que realiza o empréstimo.

Além das taxas de juros consideradas mais baixas, na opção do empréstimo consignado, o prazo para quitar a dívida é de até 72 meses.

Uma das desvantagens desta opção de linha de crédito é o fato de que ela está disponível apenas para um público específico, a saber:

  • Pensionistas e aposentados pelo INSS;
  • Funcionários de instituições públicas;
  • Funcionários de instituições privadas que oferecem essa opção de linha de crédito;
  • Empréstimo pessoal

Outra linha de crédito na qual você pode obter um empréstimo para começar a investir no seu negócio é o empréstimo pessoal.

Essa opção de linha de crédito é uma das que conta com a menor burocracia no momento de sua contratação, podendo ser solicitada, inclusive, através da internet de maneira cômoda e prática.

O empréstimo pessoal pode ser considerado uma linha de crédito das mais acessíveis, sendo uma opção interessante caso você necessite de um empréstimo para começar a investir em pouco tempo.

A grande desvantagem do empréstimo pessoal são as suas taxas de juros, que tendem a ser muito altas em relação as outras opções disponíveis no mercado.

Entretanto, não é nada em comparação a função de rotativo do cartão de crédito ou aos juros atrelados ao cheque especial.

Por terem uma estrutura fundamentada na redução de custos envolvidos no processo, as opções de empréstimo pessoal via internet costumam oferecer taxas de juros mais baixas, constituindo assim uma opção mais vantajosa.

  • Factoring – Usando Capital de Giro como Empréstimo

Outra opção de empréstimo para começar a investir no seu negócio é usando o capital de giro como empréstimo, através da opção de factoring.

Se você não conhece essa alternativa, a premissa é simples: a factoring constitui em uma maneira de receber à vista produtos e serviços que foram vendidos a prazo, sendo uma opção segura.

O cliente, na maior parte das vezes um empresário, faz uso da modalidade para intermediar o processo do desconto das duplicatas, desta forma, a factoring realiza a compra da duplicata de venda a prazo, pagando o valor do título à vista para o vendedor.

Essa consiste em uma opção interessante para aqueles que tem a necessidade de realizar a compra de matéria prima com certa frequência, ou recebe cheques pré-datados em grande quantidade ou realiza vendas de valor muito alto a prazo.

  • Empréstimo com Garantia

Essa opção de linha de crédito para que você consiga um empréstimo para começar a investir no seu próprio negócio tem a mesma vantagem da modalidade de empréstimo consignado: possui taxas de juros entre as menores disponíveis no mercado.

Nessa modalidade de empréstimo, você oferece uma garantia sobre o valor solicitado. Essa garantia pode ser um veículo ou um imóvel.

Desta forma, você vai usar um de seus bens pessoais para que o mesmo constitua a garantia do pagamento da dívida contraída, assim, os riscos de operação para a instituição financeira serão menores, o que possibilita a redução das taxas de juros dessa linha de crédito.

Além de contar com taxas de juros reduzidas, outra vantagem relacionada a linha de crédito do empréstimo com garantia é em relação ao prazo para quitar a dívida.

De forma geral, é possível contratar essa linha de crédito, tendo até 240 meses para pagar. Isso significa que você pode contar com até 20 anos para pagar esse empréstimo.

A desvantagem é que essa opção fica restrita apenas para pessoas que possuam imóvel ou veículo que possa ser colocado como garantia, além do fato de que possa acabar perdendo o seu bem caso não consiga pagar a dívida em algum momento.

  • Cartão BNDES

Outra modalidade de empréstimo para começar a investir no seu negócio na qual você pode recorrer é o Cartão BNDES.

Essa linha de crédito é voltada para a aquisição de bem móveis para o seu empreendimento, funcionando como um empréstimo para possibilitar a abertura, a ampliação ou a reforma do seu empreendimento.

Entretanto, essa é uma opção de linha de crédito através da qual só é possível adquirir determinados tipos de bens.

A desvantagem desta modalidade de empréstimo é que o mesmo é oferecido por instituições bancárias que exigem um relacionamento anterior com a pessoa que vai solicitar a linha de crédito para que a mesma seja aprovada e concedida.

De toda a forma, essa é uma opção que conta com taxas de juros não muito altas e cujo prazo para quitar a dívida é de até 48 meses.

  • Microcrédito

O microcrédito é a última das opções de empréstimo para começar a investir em seu empreendimento, sendo inclusive uma modalidade de linha de crédito voltada justamente para a abertura de novos negócios por quem possui pouco capital para cumprir esse objetivo.

Essa opção de linha de crédito poderá ser solicitada por pessoas jurídicas formais ou informais, ou seja, que possuem ou não CNPJ cadastrado.

É geralmente concedido por operadoras de crédito conveniadas e conta com taxas de juros que não são muito elevadas.

A desvantagem relacionada a essa opção de empréstimo é relacionada ao prazo para quitar a dívida, que costuma ser de 24 meses. Um período de tempo que pode ser curto para aqueles que estão iniciando um empreendimento.

Empréstimo para investir em renda fixa

Outra opção é utilizar o valor do empréstimo para começar a investir em renda fixa.

Investimentos em renda fixa costumam ser interessantes porque contam com um retorno mais garantido e seguro do que as opções de renda variável, como as ações ou do que a abertura de um negócio próprio.

Entretanto, a opção de contratar uma linha de crédito para investir em renda fixa não é vantajosa em qualquer opção desse tipo de investimento.

Em primeiro lugar, o que deve ser avaliado é o retorno financeiro a ser obtido pelo investimento, que deve ser maior do que a taxa de juros relacionada ao empréstimo solicitado.

Além disso, a liquidez do investimento também deve ser avaliada, devendo ser possível converter o investimento em dinheiro vivo de forma facilitada.

O prazo da aplicação também deve ser considerado antes de fazer empréstimo para começar a investir. Contratar uma linha de crédito para investir em renda fixa a longo prazo pode não ser uma opção.

Isso porque o pagamento da dívida pode ser dificultado, já que você não vai ter o retorno financeiro em mãos para realizar o pagamento das parcelas do empréstimo.

As vantagens de se investir em renda fixa que podem ser apontadas são:

  • Esse tipo de investimento rende mais que a caderneta de poupança;
  • Esse é um tipo seguro de investimento, oferecendo garantia de retorno para o investidor, tais como o FGC;
  • É possível investir em renda fixa mesmo que seu capital inicial disponível não seja muito alto;
  • É possível diversificar bastante sua carteira de investimentos, já que existem diversas opções de investimentos em renda fixa;
  • É fácil investir em renda fixa;
  • A gestão dos fundos é realizada por profissionais que possuem um objetivo comum ao de quem investe, ou seja, uma rentabilidade maior do investimento;

Você pode investir em renda fixa sem dificuldades muito grandes, e existem 3 maneiras diferentes para que você faça isso, a saber:

  • Através de uma instituição financeira

Nessa opção, você deverá procurar uma instituição financeira e conversar com o responsável pela aplicação de forma direta.

Esse responsável oferecerá a você todas as informações e detalhes que você precisa saber a respeito do investimento, tais como a rentabilidade do mesmo, o valor da porcentagem que deve ser destinada ao Imposto de Renda, se for o caso, as taxas administrativas envolvidas e os melhores prazos da aplicação.

  • Através da Internet

Você também pode investir em renda fixa pela internet, adquirindo fundos pelo Internet Banking da sua instituição bancária escolhida ou através do site de empresas voltadas para esse tipo de aplicação. É possível investir em renda fixa pela internet diretamente no site do Tesouro Direto também.

Essa pode ser considerada a forma mais cômoda e simples de realizar esse tipo de aplicação, sendo necessário apenas proceder a abertura de uma conta para iniciar os seus investimentos.

Empresas de investimento que oferecem serviços online costumam oferecer muitas opções de aplicações para seus clientes, além de disponibilizarem também todo o apoio e suporte necessário.

  • No Caixa Eletrônico

Também dá para investir em renda fixa através de um caixa eletrônico, sendo essa uma opção que deve ser realizada preferencialmente por pessoas que já têm algum conhecimento sobre o tema.

Isso porque através do caixa eletrônico, o investidor não contará com o mesmo tipo de suporte oferecido pelas instituições financeiras, sejam as que oferecem serviços presenciais ou através da internet.

Agora você já tem as informações que precisa para saber se vale a pena ou não para você fazer um empréstimo para começar a investir seja em um negócio, seja em algum tipo de aplicação financeira, como ações e investimentos em renda fixa.

Se você gostou das dicas que encontrou neste artigo, no nosso blog você pode encontrar muito mais conteúdo como esse para ajudar você a obter uma vida financeira mais saudável e estruturada, por isso, não deixe de conferir as nossas publicações anteriores e continue acompanhando as nossas postagens.

Artigos que podem ser úteis para você: Tudo sobre cartão de crédito | 10 Dicas para não fazer dívidas

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-05-28T14:08:13+00:00 agosto 23rd, 2018|Finanças|2 Comments

About the Author:

App Renda Fixa
É possível através do aplicativo Renda Fixa comparar, pesquisar vários tipos de investimentos reais por valor, período de vencimentos, tipos de investimentos e corretoras, podendo ser ordenados em sua pesquisa por taxa, vencimento, tipos de investimentos e corretoras. Baixe o app Renda Fixa. :)

2 Comments

  1. Solange Couto maio 7, 2019 at 4:06 pm - Reply

    Nossa que post incrível, muito obrigado pelas dicas exclarecedoras, o site tem me ajudado muito com essas dicas. Tchau

    • App Renda Fixa
      App Renda Fixa maio 13, 2019 at 8:05 pm - Reply

      Que bom que você curtiu, Solange! 🙂

Leave A Comment