O que é minimalismo?

O minimalismo pode ser definido como um estilo de vida e o tema foi bastante discutido na internet ao longo do ano de 2018. Um estilo de vida minimalista envolve mais do que apenas ter somente 5 camisetas, 2 calças jeans e um par de sapato e também não é se desfazer de todos os seus pertences e levar uma vida eremita.

Na verdade, o minimalismo envolve questões sobre a forma de ver a vida e a relação das pessoas com os bens materiais.

Podem ser apontadas duas vertentes para o minimalismo: o estilo de vida e a estética e neste artigo, iremos focar na primeira delas. Um dos sentidos que pode ser atribuído à palavra é relacionado a uma predisposição para reduzir e simplificar os elementos que compõem o todo.

No artigo de hoje você vai descobrir o que é o estilo de vida minimalista e descobrir como esse estilo de vida pode ser benéfico para você e para as suas finanças.

O que é o minimalismo?

Como dissemos, podemos atribuir à palavra minimalismo o significado de reduzir e simplificar os elementos que compõem um todo, assim sendo, essa definição já é capaz de nos dizer muito uma vez que adotar um estilo de vida minimalista é justamente enxugar o consumo de bens e produtos.

Muitas pessoas, entre elas os escritores Joshua Fiels e Ryan Nicodemos, que produziram um documentário sobre o minimalismo chamado Minimalism: A Documentary About the Important Things definem o termo como uma filosofia que trata daquelas coisas que realmente são importantes.

Se fosse possível resumir o conceito usando apenas uma frase, a frase ideal seria “é melhor ser do que ter”, ou até mesmo um lema como “ame pessoas e use coisas”.

Ainda que isso possa parecer óbvio, mas talvez se você parar para pensar sobre isso, a tendência natural de um mundo que costuma valorizar muito mais o consumo e as posses não é necessariamente essa.

O minimalismo é um convite para que as pessoas se desapeguem dos bens materiais em excesso e, através disso, possam levar uma vida com mais liberdade e tempo para manter o foco naquilo que é verdadeiramente essencial.

Com você, você deverá carregar apenas aquilo que realmente possa agregar valor para a sua vida, assim, menos significa mais.

Dessa forma, não será mais necessário ficar preocupado em ter o modelo de smartphone mais moderno e novo do mercado, não vai se matar de trabalhar todos os dias apenas para conseguir acompanhar as últimas tendências do mundo da moda e não vai se endividar para conseguir consumir cada vez mais.

Coisas que talvez tragam uma felicidade instantânea num primeiro momento, mas que podem acabar prendendo você em um círculo de consumo cada vez mais exagerado, afinal de contas, é necessário comprar cada vez mais e mais para que você possa se sentir satisfeito.

Com certeza a sua vida financeira só vai agradecer por isso, bem como a sua carreira e os seus relacionamentos, afinal de contas você vai poder ter mais tempo disponível na sua vida para se dedicar às coisas que sejam realmente importantes.

É importante ressaltar que o minimalismo não significa simplesmente se desfazer dos seus bens e parar de comprar coisas pelo resto da vida.

Também não tem nada a ver com o número de peças de roupas, limitando a um número máximo de 25 itens.

Não diz respeito ao tamanho do apartamento onde você vive e à quantidade de móveis que você tem dentro dele.

De acordo com o minimalismo, não interessa quantas coisas você tem, o que importa de verdade é o significado e o valor que essas coisas agregam à sua vida.

Como aderir ao estilo de vida minimalista?

Para aderir ao minimalismo, você não vai encontrar por aí um manual de regras, até mesmo porque estamos falando de um processo que é bastante pessoal na vida de cada um.

O desapego aos bens materiais pode requerer uma revisão geral em todos os aspectos da sua vida, da criação que você recebeu, da sua história e dos seus princípios.

Mas quem quer adotar o minimalismo pode começar dando um primeiro passo bem simples: fazendo uma verdadeira faxina na sua casa de desfazendo de todos os itens dos quais você não precisa de verdade.

Você pode doar ou até mesmo vender esses itens e conseguir um dinheiro extra para investir naquilo que realmente tem valor para você.

O importante é entender que cada um deve saber ditar aquilo que é de fato essencial ou não em sua vida.

Uma dica para realizar essa faxina e se desfazer dos produtos dos quais você não precisa de verdade é pensar ao avaliar cada coisa se aquilo realmente traz alegria para você. Entretanto, nesse momento, você deve estar disposto a ser profundamente honesto consigo mesmo.

Quando você sabe exatamente as coisas que você possui, pode diminuir consideravelmente a necessidade de fazer compras.

Sim, mesmo aderindo ao minimalismo, você pode (e deve) continuar fazendo compras, entretanto, de forma mais consciente levando em consideração o quanto aquela eventual aquisição é ou não significativa para a sua vida.

Além disso, outro passo muito importante no sentido de adotar um estilo de vida minimalista é aprender a valorizar mais as experiências do que os bens materiais.

Se você gastar menos comprando roupas, vai poder ter dinheiro disponível para fazer um curso que você sempre quis ou uma viagem para o exterior, por exemplo, além de diversos outros acontecimentos que ficarão gravados na sua memória para os quais você finalmente terá recursos disponíveis.

De acordo com os princípios do minimalismo, não exige certo ou errado para pôr o conceito em prática, não existem fórmulas, regras e nem métodos pré-estabelecidos.

O que existem são princípios que você pode adotar para a sua trajetória de vida e que só devem fazer sentido para você mesmo e para mais nenhuma outra pessoa.

Os benefícios que o minimalismo pode trazer para a sua vida

Existem uma série de benefícios que você poderá sentir na sua vida adotando o minimalismo como um estilo de vida. Entre eles, podemos destacar os listados a seguir:

  • Intenção

Todas as coisas que você tiver, irão fazer sentido para você. A partir daí você não vai sentir necessidade de acumular coisas pensando que um dia, talvez, poderia usá-las de alguma forma. Em caso de dúvidas, não guarde.

  • Valorização da experiência

Pessoas que aderem a um estilo de vida minimalista costumam dar mais valor às experiências da vida do que aos bens materiais.

A ideia é acumular vivências diferentes e não coisas, afinal de contas, sobre o que você vai falar para o seu neto: sobre a quantidade de celulares que você teve ao longo da sua vida ou sobre aquela maravilhosa viagem para Paris que você fez aos 30 anos?

  • Organização

O minimalismo também pode ajudar você a se manter mais organizado. Se você possui menos coisas, pode saber claramente tudo aquilo que você tem e onde cada uma dessas coisas está.

Dessa forma, você não vai mais se sentir perdido em uma pilha de roupas sobre a cama procurando determinada peça e nem com vários itens espalhados pela casa enquanto você tenta achar um documento ou as chaves antes de sair. Além disso, fica muito mais fácil manter o ambiente limpo e organizado.

  • Flexibilidade

Com o tempo, vai ficando cada vez mais fácil enfrentar qualquer tipo de situação carregando o mínimo necessário, seja para viajar por um final de semana, seja para passar 3 meses fora, fazer as malas é cada vez mais rápido e simples.

  • Leveza

Através do minimalismo, é possível encontrar bem-estar e felicidade independente de bens materiais. Com certeza você continua precisando do básico, lembrando que não existem regras para definir qual é esse básico, entretanto o alicerce das suas necessidades é encontrado dentro e não fora de você.

  • Simplicidade

É possível se sentir bem de verdade em qualquer ambiente, mesmo em contextos extremamente simples, sem contar com nenhum tipo de luxo ou de conforto.

  • Posses temporárias

Toda vez que você pensar em comprar alguma coisa, você poderá pensar “será que é realmente necessário ter isso ou é possível alugar pelo tempo em que vou precisar? ”. Isso pode acabar proporcionando para você ainda mais variedades de experiências.

  • Mais dinheiro disponível

Ao aderir ao minimalismo, você poderá vender tudo aquilo que avaliar não ser necessário e assim obter mais dinheiro disponível para investir em experiências enriquecedoras para a sua vida. Plataformas como Mercado Livre e a OLX podem ajudar bastante nesse processo.

  • Doações

No momento de desapegar dos bens materiais, você pode acabar fazendo o bem para outras pessoas doando roupas, sapatos e objetos que não agregam valor e nem significado para a sua vida.

No artigo de hoje, contamos para você o que é o minimalismo e como esse estilo de vida pode trazer benefícios para a sua vida, seu crescimento pessoal e para a sua vida financeira.

Se você gostou deste artigo e quer ver mais conteúdo sobre finanças e investimentos, continue acompanhando as nossas publicações e confira também os nossos artigos anteriores.

Artigos que podem ser úteis para você: Qual melhor investimento de renda fixa? | Seu primeiro investimento: CDB

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-05-20T18:39:15+00:00 janeiro 16th, 2019|Finanças|0 Comments

Leave A Comment