Como fazer o planejamento financeiro do seu lar

Para manter suas contas em dia e a sua vida financeira saudável e em ordem, evitando o endividamento e os problemas financeiros, é importante que você planeje de forma inteligente os seus gastos, através de um planejamento financeiro cuidadoso e estruturado.

Assim, você consegue ter recursos disponíveis para investir em aplicações financeiras e realizar seus objetivos e sonhos.

Um bom planejamento financeiro, embora pareça um tema complicado, não depende de conhecimentos aprofundados em finanças. Com organização, disciplina e conhecimentos básicos, você conseguirá estruturar as suas finanças e estamos aqui hoje para ajudar você nessa tarefa.

Veja nesse artigo 9 dicas para fazer o planejamento financeiro do seu lar. Confira nos tópicos a seguir.

1 – Acompanhe as suas receitas e despesas com cuidado

Para que o planejamento financeiro do seu lar seja eficiente, você deve ser capaz de acompanhar suas despesas mensalmente de forma detalhada ao longo do ano.

Assim, você poderá fazer uma previsão cuidadosa de como pretende gastar o seu dinheiro, elencando as prioridades e evitando os gastos desnecessários.

Além disso, você deve controlar tudo aquilo que entra ou sai do seu orçamento no seu planejamento financeiro para poder traçar um panorama de como está a sua situação financeira atual.

É importante saber exatamente qual é a sua receita, ou seja, o quanto você ganha, e as suas despesas, ou seja, o quanto você gasta a cada mês para tal.

Para facilitar o processo e não precisar fazer isso a mão, você pode usar planilhas ou aplicativos desenvolvidos com essa finalidade específica que estão disponíveis na internet.

2 – Compare preços antes de comprar

Outra atitude que faz parte de um bom planejamento financeiro é, antes de comprar qualquer produto, realizar uma comparação entre os preços dos mesmos em vários estabelecimentos.  

Além disso, é conveniente que você pense um pouco na relação custo benefício, assim é possível economizar o máximo possível.

E hoje em dia, você sequer precisa gastar tempo indo de loja em loja para fazer uma comparação de preços, afinal de contas, a tecnologia pode te ajudar bastante nessa hora.

Para fazer isso, você pode se aproveitar da facilidade da internet e antes de comprar alguma coisa, visitar os sites das lojas e comparar os preços, para escolher a opção mais em conta.

Depois de comprar, anote o quanto gastou, guarde as notinhas de supermercado ou de outras compras, pois, como dissemos no tópico anterior, é importante que você saiba exatamente quanto tem gastado para estruturar melhor o seu orçamento.

Realizar uma boa gestão dos seus gastos é importante no planejamento financeiro do seu lar, independente se você mora sozinho ou com a sua família.

3 – Compre apenas o que precisa e apenas quando precisa

Outro passo importante para manter um bom planejamento financeiro no seu lar é antes de adquirir qualquer produto, pensar se o mesmo é um item realmente necessário ou se na verdade, pode implicar em um gasto desnecessário neste momento.

Evite gastar de forma desnecessária e comprar coisas das quais você não precisa, focando em alcançar os seus objetivos financeiros.

Quando for fazer suas compras no mercado, por exemplo, o ideal é que você leve uma lista de compras, assim você pode evitar gastar mais do que deveria comprando além daquilo que você realmente precisa no momento.

A dica da lista de compras não vale apenas para o mercado, mas também sempre que você for sair de casa para comprar qualquer coisa.

4 – Dê preferência para os pagamentos à vista

Inclua no seu planejamento financeiro um espaço para aqueles itens com um preço mais alto que você precisa adquirir, e escolha qual será o momento ideal para fazer isso sem precisar recorrer a uma compra parcelada no cartão de crédito.

Quando você compra algo à vista e paga em dinheiro, é quase sempre possível garantir um bom desconto. Além disso, você evita acumular despesas no cartão de crédito, que conta com juros altos que podem acabar levando você ao endividamento.

Além disso, comprando à vista e em dinheiro, você sente o impacto financeiro daquela compra no seu orçamento e pode ter a certeza de que tem em mãos os recursos disponíveis para realizar essa compra.

O planejamento financeiro existe justamente para que você possa realizar os seus objetivos da melhor forma possível, entre eles, comprar produtos que você precisa e que possuem um custo mais elevado.

5 – Evite o cartão de crédito, mas também saiba aproveitar os benefícios dele

Os juros do cartão de crédito são geralmente muito altos, em virtude disso, uma das principais dicas de especialistas no tema é que é melhor evitar usá-lo para realizar suas compras para fugir de possíveis endividamentos.

Entretanto, a maioria de serviços de cartão de crédito oferece muitos benefícios para seus usuários, e você não precisa abrir mão deles para manter o bom planejamento financeiro do seu lar.

Programas de pontos e de milhas são excelentes vantagens oferecidas pela maior parte dos serviços de cartão de crédito e você deve saber aproveitar esses benefícios sem precisar comprometer o seu orçamento.

Tais vantagens, inclusive, podem e devem ser usadas por você para economizar dinheiro. Basta que você use o cartão de crédito com estratégia e inteligência.

6 – Estabeleça metas para conseguir comprar aquilo que você quer

Para conseguir comprar tudo aquilo que você deseja e precisa, você deve incluir no seu planejamento financeiro metas que possam ajudar você a alcançar esses objetivos, desta forma, você vai se sentir mais motivado a economizar o dinheiro necessário para realizar seus sonhos.

As metas servem para nortear o seu planejamento a ajudar você a manter o foco e a disciplina na hora de poupar dinheiro para investir na realização dos seus sonhos.

7 – Seja realista ao traçar as suas metas financeiras

Ao fazer o planejamento financeiro do seu lar, você deve se preocupar em ser realista no momento de traçar seus objetivos e as suas metas.

Assim você evita acabar ficando frustrado e perdendo a motivação, podendo acabar abandonando esse planejamento por não conseguir alcançar as metas.

Além disso você se previne para não dar passos maiores que a sua perna planejando gastos maiores do que você de fato consegue arcar e acabar caindo no endividamento.

8 – Periodicamente, faça uma revisão acerca dos seus objetivos todos os meses

Além de traçar metas que sejam condizentes com a sua realidade financeira, também faz parte de um bom planejamento financeiro para o seu lar realizar, de forma periódica uma revisão acerca dessas metas e objetivos.

Isso porque nossos interesses podem mudar com o tempo, bem como podem mudar também as nossas condições de vidas. Assim, vale a pena fazer uma revisão periódica do seu planejamento, e sempre que você perceber que é necessário, fazer alterações nas suas metas e objetivos.

Você pode perceber que não precisa ou não quer mais comprar determinada coisa e realocar os recursos para outro objetivo que pode surgir. Você pode também passar a ganhar mais dinheiro e assim, poderá adiantar alguma das metas que foi estabelecida anteriormente.

O importante é que suas metas estejam condizentes com a sua realidade e que o seu planejamento financeiro seja bem utilizado para promover a realização dos seus sonhos.

9 – Entenda a sua realidade financeira

Planejar seu orçamento de forma detalhada é uma maneira eficiente que vai ajudar você a entender a sua realidade financeira e saber com mais clareza de que forma andam as suas finanças.

Depois de entender qual é a sua realidade financeira, é importante que você aceite o seu padrão de vida atual e viva de acordo com ele.

Se você ganha um salário mínimo, por exemplo, existem alguns luxos dos quais você vai precisar abrir mão. Uma vida financeira saudável é aquela que é vivida em coerência com aquilo que os seus ganhos podem pagar.

Além disso, entendendo a sua realidade financeira é possível que você fique ciente do que vai precisar fazer para quitar as suas dívidas, se elas existirem e o que será necessário fazer para poupar dinheiro e investir na criação de uma reserva financeira.

Ter uma reserva financeira é muito importante e se você ainda não criou a sua, está mais do que na hora de começar a investir seus recursos nisso.

A vida é cheia de imprevistos e ter uma reserva financeira garante que você possa passar por esses imprevistos com mais tranquilidade.

Você pode ficar doente e sem trabalhar por um tempo ou o seu veículo pode estragar e precisar de reparos e é nessas horas que a reserva financeira vai fazer toda a diferença.

Neste artigo você aprendeu 9 dicas para fazer o planejamento financeiro do seu lar. Assim você poderá evitar as dívidas e manter sua vida financeira organizada e estruturada, sendo capaz de ter recursos disponíveis para investir e realizar as suas metas e objetivos.

Se quiser ver mais dicas como essas, para melhorar as suas finanças, além de muito conteúdo para que você possa aprender as maneiras certas de investir o seu dinheiro, continue acompanhando as postagens do nosso blog e confira também as nossas publicações anteriores.

Artigos que podem ser úteis para você: 10 Dicas de planejamento fácil para pôr em prática agora | Os 7 pecados financeiros

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-05-20T18:10:05+00:00 janeiro 15th, 2019|Finanças|0 Comments

Leave A Comment