6 dicas da nossa equipe para ajudar você a economizar

Você bem que tenta, mas parece que os seus planos de  planejar-se financeiramente e não gastar tanto no mês nunca duram muito tempo. Se você tem dificuldade de economizar, não sabe muito bem onde cortar alguns gastos e vive com medo toda vez que chega um boleto na sua casa, é hora de começar a agir e tomar algumas atitudes para ter uma vida financeira de maior qualidade. No artigo de hoje reunimos 6 dicas da equipe do App Renda Fixa para ajudar a você nessa missão, quer saber como? É só ler o artigo.

1 – “Evitar ir ao shopping somente para passear”

Fernanda Fonseca – Consultora econômica no App Renda Fixa.

Nosso autocontrole é finito, por isso é importante não colocarmos ele constantemente em teste. Ir ao shopping somente para bater perna pode ser bastante perigoso para o nosso bolso. Quando estamos cansados ou mesmo tristes por conta de algum problema que aconteceu naquele dia, ficamos vulneráveis as ofertas e perdemos a capacidade de analisar quais são na verdade nossos desejos e necessidades. São também criadas necessidades em nós, vendo tantas vitrines e ofertas, que na verdade não pertencem a gente.

Existe uma parte em nosso cérebro que é responsável pelo controle dos nossos impulsos, o córtex pré-frontal, quando estamos excessivamente cansados algumas de nossas capacidades cognitivas podem ficar seriamente comprometidas, podemos muitas vezes ter, por conta disso, dificuldade em lidar com nossas emoções. Quando isso acontece é como se tivéssemos perdido nosso próprio controle, fica bem mais complicado tomar uma decisão nessas circunstâncias.

Muitas pessoas fazem compras para compensar algum ponto de desequilíbrio emocional, para essas pessoas existe um prazer ou compensação em adquirir esses itens. Claro que esse é um caso mais delicado que exige atenção, não é normal que essa seja uma forma de lidar com as frustrações. Por isso é importante monitorar nossos sentimentos na hora de comprar, eu sei o quanto é difícil ser racional em certos momentos da vida, mas em relação ao nosso dinheiro, toda racionalidade ainda é pouca.

Se você é daquele tipo de pessoa que na hora de comprar fica em completa euforia, mas depois que chega em casa ou quando olha a fatura do cartão, bate um arrependimento. É importante entender que dinheiro é um recurso finito (até demais) e estar sempre atento ao seu comportamento, você pode estar colocando as suas finanças em sério risco.

Trocar os passeios no Shopping por outras atividades não é muito difícil para mim, apesar de hoje viver em São Paulo, a cidade com mais Shoppings Center no país, eu ainda prefiro passear ao ar livre. Acho muito mais prazeroso passar o domingo em um parque ou fazer uma caminhada do que olhar vitrines, mas claro, isso é uma questão inteiramente pessoal.

Para quem não consegue fugir desse tipo de passeio, a dica é deixar o cartão em casa e sair com uma quantia de dinheiro limitada na carteira. Outra que eu uso bastante é o “deixa para depois”, isso diminui as minhas compras em 90%. Toda vez que vejo um item na vitrine que me desperta interesse eu penso, “semana que vem eu volto aqui e compro”. Como geralmente são desejos imediatistas acabo esquecendo ou descobrindo algo em casa bastante parecido com o que ia comprar. Isso, aliás, é algo que acontece com bastante frequência.

2 –“Levar marmita para o trabalho” – Vitor Yeo. UX Designer no App Renda Fixa.

Quem trabalha e precisa passar a maior parte do dia fora de casa sabe que financeiramente é bastante complicado almoçar em restaurantes todos os dias, sem falar na dificuldade de encontrar opções saudáveis e de qualidade. Quando você possui disciplina e gosta de cozinhar (e claro, tem algum talento para tal) essa pode ser uma grande vantagem.

Preparar marmita para levar para o trabalho é uma excelente opção para diminuir os gastos das despesas diárias. No caso do Vitor, o gasto médio que ele tem para preparar cada refeição é de R$ 7, caso ele almoçasse em algum restaurante pelo bairro onde trabalhamos, gastaria por volta de R$ 15, no final do ano a economia passa de R$ 2000.  

São pequenas atitudes que realizamos no nosso dia a dia que fazem a diferença no longo prazo, economizar R$ 8 hoje pode não parecer muita coisa, mas o resultado ao final de um ano pode fazer bastante diferença no nosso orçamento. Com esse dinheiro a mais na conta, o Vitor costuma investir para ter uma maior segurança financeira no futuro.

3-“Sempre pesquisar preços antes de comprar qualquer coisa”

Carlos Machado – Consultor econômico no App Renda Fixa

Uma outra maneira de economizar é consultar ferramentas de pesquisa e sempre procurar o melhor preço. Muitas pessoas não sabem, mas para comprar pela internet você não precisa olhar site por site quanto custa o produto que quer comprar, existem sites que fazem essa pesquisa para você como Buscapé, Bondfaro, Shopping Uol, Zoom, entre tantos outros.

Uma dica é usar a guia anônima para fazer pesquisa de preços na internet, pois na guia normal há armazenamento de Cookies. Cookies podem ser entendidos como arquivos de internet que armazenam temporariamente as buscas dos usuários nos sites. Dessa forma, as páginas da internet podem ancorar um valor para o produto e na próxima vez que você consultar o preço pode ser mais alto, criando a ilusão de que a oferta era por tempo limitado, fazendo você acreditar que existe uma tendência de aumento de preço e que a compra precisa ser feita o mais rápido possível.

Comparando preços e pesquisando nos sites de busca, você consegue economizar até 50% com o mesmo produto. Só esteja atento em relação ao valor do frete, muitas vezes o preço pode ser mais em conta, porém o frete mais caro pode não compensar. Por isso sempre simule a compra nos sites e veja no final qual compensa mais.

Em alguns sites de busca é possível ver o histórico de preço da mercadoria, isso evita que você não caia no conto das “ofertas por tempo limitado”. É possível também acompanhar o menor preço que o produto já custou e ver se vale a pena comprar hoje ou esperar um pouco mais.

4- “Controlar os seus impulsos de consumo”

Eduardo Araújo – Desenvolvedor no App Renda Fixa

Durante o dia somos expostos a diversos estímulos: na televisão, as janelinhas que aparecem a todo o momento no computador e e-mails de lojas avisando sobre novos produtos e promoções. Esses estímulos nos instigam a querer sempre comprar mais coisas, posso dizer que mais da metade desses itens são coisas que não precisamos.

Fazer compras por impulso é algo que arruína qualquer orçamento, por isso é tão importante fazer um planejamento de nossas finanças, através do planejamento podemos monitorar o quanto de dinheiro estamos alocando em cada setor de consumo de nossas vidas e avaliar se é possível melhorar em cada uma dessas áreas.

O Eduardo sugere utilizar desafios para economizar, por exemplo, passar um período de trinta dias sem comprar roupas novas, ou passar uma semana sem usar o cartão de crédito. No começo pode ser bastante difícil, mas com o passar do tempo economizar se torna um hábito, podem acreditar.

Pedir o descadastramento da lista de e-mail dos sites de lojas pode ser uma boa estratégia. Como falei antes, nossas vontades muitas vezes são imediatistas, queremos algo não exatamente porque precisamos, mas porque alguém que é referência para nós está indicando, mas cada pessoa tem seu próprio perfil de consumo. Por isso que ter autoconhecimento e entender de onde realmente vêm esses impulsos pode ser a chave para tomar melhores decisões.

5- “Usar sites de compra coletiva”

Aline Pedrelli – CMO do App Renda Fixa

Sempre pesquisar por restaurantes ou estabelecimentos comerciais em sites de compra coletiva, pode ajudar bastante na hora de economizar. Como está é também uma forma de divulgar as empresas, principalmente as que ainda são pequenas e novas no mercado é importante pesquisar sobre o serviço e conhecer a avaliação.

A intenção desses sites é a de promover descontos em diversas empresas e atingir o maior número de clientes possível. Nos principais sites você consegue visualizar as ofertas dependendo da sua cidade e região. Esteja atento aos prazos, muitos sites estabelecem limite para utilização do cupom e também prazos referentes a dias e horários, sempre leia o regulamento de utilização antes de comprar.

Os sites que a Aline costuma utilizar são o Peixe Urbano e Groupon, no caso ela utiliza na maioria das vezes para conhecer novos restaurantes e economizar na conta. Porém, é sempre importante verificar a reputação dos lugares, por se tratarem na maioria das vezes de empresas que ainda estão começando e são bem pouco conhecidas, é preciso ter cuidado para não cair em uma cilada. O que a Aline recomenda fazer é pesquisar no Foursquare ou na própria página do Facebook do lugar que você tem interesse em comprar o cupom de desconto o que os demais consumidores estão comentando.

6- “Sempre pedir desconto”

Francis Wagner – CEO do App Renda Fixa

A dica do Francis é sempre negociar preços na hora de ir às compras. Pedir desconto pode ser algo um tanto embaraçoso para algumas pessoas, mas faz muita diferença no orçamento no final das contas. Muitas lojas possuem valor diferenciado para pagamento à vista, tanto no dinheiro quando no cartão de débito. É importante que você entenda que ao pedir por um desconto está negociando um preço que acha mais justo por aquele produto, as lojas costumam calcular nos bens que oferecem uma margem bem larga de lucro, por isso pechinchar não é nada absurdo.

Eu entendo que em muitos casos a gente pode se sentir constrangido, mesmo que não haja motivos para isso, o que é algo totalmente natural, pois nós seres humanos temos um medo tremendo em relação a rejeição, nós morremos de medo de ouvir um não, mesmo quando a situação é completamente incerta e não irá trazer tanta mudança para nós, isso é até algo que nos atrapalha em diversos campos da nossa vida.

Porém, é importante entender que as chances de dar certo podem trazer um enorme ganho para o seu orçamento, mas caso a resposta seja negativa, tudo permanecerá como estava antes, ou seja, ouvir um “não” não te causará impacto negativo, já um sim pode mudar bastante coisa.

Algumas dicas que o Francis já testou e funcionaram foi pedir a isenção da anuidade do cartão de crédito, segundo ele ligar perguntando sobre a taxa que você paga no seu cartão e conversar dizendo que está pesquisando melhores tarifas para comparar e analisar a mais vantajosa, pode fazer com que o atendente retire a sua tarifa do cartão com medo que você mude de banco.  Outra dica é tentar negociar o seu plano de celular dizendo que recebeu uma ligação de outra operadora e eles ofereceram algo melhor por um menor valor, usando essa estratégia o Francis conseguiu um desconto de 30% no valor de sua conta.

Essas foram algumas dicas da nossa equipe para ajudar você a economizar, é importante falar que são estratégias que nós utilizamos para melhorar nosso orçamento, mas claro, tudo depende da sua rotina e perfil. Esperamos que tenham gostado do artigo de hoje, compartilhem conosco dicas que vocês também usam para economizar.

Até a próxima!

Artigos que podem ser úteis: Aversão a perda do investidor | Dicas rápidas para economizar em viagens

Compartilhe esse artigo com seus amigos! ;)
By | 2019-02-05T22:01:27+00:00 maio 25th, 2018|Finanças|0 Comments

About the Author:

Fernanda Fonseca
É formada em Economia com especialização em Finanças e pós graduada em Economia Comportamental. Curiosa por assuntos que envolvam o comportamento humano e decisões financeiras.

Leave A Comment